Ford Bronco Sport 2021 carros que a Ford terá no Brasil

Decisão de fechar fábricas não irá interromper a chegada de lançamentos como Bronco, Escape e Maverick até o fim de 2022

O anúncio do fim da produção em todas as fábricas da Ford no Brasil surpreendeu a todos no começo desta semana. Com o fim das linhas Ka (hatch e sedã) e EcoSport, modelos de maior volume da marca no País, o que restará na gama da empresa no futuro? Quais carros a Ford terá no Brasil? A marca do oval azul sairá do Brasil?

O fim da produção nacional da Ford não representará o encerramento da marca no Brasil. Entretanto, a falta de produtos de volume impactará definitivamente na rede de concessionários da marca, que deverá ser reduzida. Ainda assim, a marca garante que irá continuar a atender consumidores de veículos descontinuados que estejam na garantia (ou não), com serviços de manutenção e peças de reposição disponíveis.

A partir de agora, quais carros serão mantidos na gama da Ford? Entre os que já são vendidos atualmente, a marca garante a continuidade da importação da Ranger (produzida na Argentina), Territory (China), Edge ST (Canadá) e Mustang (Estados Unidos). Até o fim de 2022, a empresa deverá ter ao menos 8 lançamentos no Brasil, entre modelos inéditos, novas versões e SUVs com propulsões híbrida e elétrica – todos, obviamente, importados. Confira:

- Publicidade -

Ford Ranger Black

Com o fim de Ka e EcoSport, a Ranger se tornará o modelo mais “barato” da Ford no Brasil, com preço inicial atual de R$ 156.290 na versão XL cabine simples. Para incrementar o portfólio da picape, a Ford trará a nova versão Black. Como o nome indica, terá itens visuais na cor preta. Além da carroceria, receberão este tom todos os itens originalmente cromados da carroceria, como grade, molduras dos faróis de neblina, retrovisores e para-choque traseiro. A picape terá ainda estribos, rack de teto, santantônio e capota marítima, além de rodas escurecidas com desenho exclusivo. A motorização será a mesma dos acabamentos Storm, XLT e Limited: 3.2 Duratorq diesel de 200 cv.

Ford Mustang Mach 1

O Mustang Mach 1 é uma edição especial do musle-car com visual exclusivo e aperfeiçoamentos dinâmicos. Confirmado para estrear em 2021, o modelo traz motor 5.0 V8 de 480 cv de potência a 7.000 rpm (14 cv a mais que o Mustang Black Shadow) e 58 kgfm de torque a 4.600 rpm. Segundo a Ford, o Mach 1 utiliza componentes do Shelby GT350, como o coletor de admissão e o radiador de óleo do motor com capacidade de refrigeração 50% maior. O Mustang Mach 1 traz ainda nova calibração da suspensão MagneRide e da direção, além de barras estabilizadoras, molas dianteiras e buchas do subquadro traseiro mais rígidas. Com a versão regular tabelada a R$ 379.900, é difícil esperar que a série exclusiva desembarque por menos de R$ 400 mil.

Ford Bronco Sport

A linha Bronco, composta por 3 carrocerias diferentes, fará sua estreia no Brasil com o Bronco Sport em 2021. Com construção monobloco, o SUV médio terá como objetivo ser uma opção mais off-road ao Terrritory. O foco será nas versões 4×4 do Jeep Compass. Nos Estados Unidos, o Bronco Sport é vendido com duas opções de motores turbo a gasolina: 1.5 EcoBoost de 183 cv de potência e 26,3 kgfm de torque e 2.0 EcoBoost de 248 cv e 38 kgfm. Ambos são acoplados a um câmbio automático de oito marchas, com tração 4×4 e opção de bloqueio do diferencial traseiro. Por aqui, a marca deverá apostar na opção mais potente, com preço acima dos R$ 200 mil.

Ford Escape/Kuga Híbrido

O primeiro híbrido da Ford no Brasil será o Escape, que ganhou uma nova geração mundial em 2019 – na Europa e Argentina, o mesmo carro recebe o nome de Kuga. O SUV irá competir com o Toyota RAV4 Hybrid, na faixa acima dos R$ 200 mil. A mecânica do Kuga é formada por um motor 2.5 a gasolina (ciclo Atkinson) de 165 cv e outro, elétrico, de 130 cv – a potência combinada é de 203 cv. O câmbio é automático do tipo continuamente variável (CVT) e a tração, somente dianteira. A estreia do SUV híbrido será no segundo semestre de 2021.

Ford Mustang Mach-E

Do tradicional muscle car americano, o Mustang Mach-E mantém apenas o nome. Este é um SUV 100% elétrico desenvolvido para encarar os modelos da Tesla nos Estados Unidos. Com 465 cv de potência e 57,6 kgfm de torque, o Mustang Mach-E pode chegar aos 100 km/h em menos de 4 segundos, segundo a Ford. A autonomia com uma única carga é de 482 km na versão com tração traseira. Em pontos de recarga rápida, será possível obter autonomia de 75 km com apenas 10 minutos de carga. Para obter 80% da capacidade da bateria, são necessários 38 minutos nestas estações. Previsto para chegar em 2022, o Mustang Mach-E irá competir com Audi e-tron Sportback e Jaguar I-Pace, na casa dos R$ 500 mil.

- Publicidade -

Ford Maverick 2022 leak picape carros que a Ford terá no Brasil

Ford Maverick

Apesar de ainda não ter sido revelada mundialmente, a picape Maverick já deu as caras em um flagra na linha de produção no México (acima). A picape será uma espécie de “anti-Toro”, com construção do tipo monobloco e somente carroceria de 4 portas. O visual da nova picape terá elementos do Bronco Sport, mas a dianteira será marcada pela enorme grade e conjunto ótico arredonda e em forma de “C”, que remete aos SUVs da Ford dos anos 2000. Na cabine e na mecânica, a Maverick também irá se inspirar no Bronco Sport, com motores 1.5 e 2.0 EcoBoost. Prevista para 2022 no Brasil, a Maverick deverá encarar as versões mais caras da Fiat Toro, que terá novo motor 1.3 flex este ano.

Ford Bronco

Além do Bronco Sport, que chega em 2021, a Ford irá importar a versão com proposta ainda mais off-road. Conhecida somente pelo nome Bronco, possui versões de 2 e 4 portas e é construída com a carroceria sobre chassi de longarinas (em vez de monobloco, como no Bronco Sport). Enquanto o modelo de “entrada” irá competir com o Jeep Compass, o Bronco terá na mira o Jeep Wrangler. Sob o capô, há duas opções de motores a gasolina: 2.3 EcoBoost de 274 cv e 42,9 kgfm de torque e 2.7 V6 EcoBoost de 314 cv e 55,3 kgfm. Ambos trazem câmbio automático de dez marchas – para o 2.3, há a opção de uma caixa manual de 7 marchas. Previsto para 2022, o Bronco “raiz” deverá ter tabela inicial acima dos R$ 300 mil.

Ford Transit

A van Transit irá retornar ao Brasil em 2021. Vendido por aqui entre 2008 e 2014, o utilitário virá do Uruguai, onde é fabricado pelo grupo Nordex (que produz os modelos Citroën Jumpy e Peugeot Expert). Na América do Sul, a Transit é vendida em quatro tipos de carroceria: van (furgão), minibus (passageiros), cabine dupla e chassi. Na Argentina, a Ford Transit (importada da Europa) traz motor 2.2 turbodiesel de 125 cv a 3.500 rpm e 35,7 kgfm entre 1.450 e 2.000 rpm nas carrocerias furgão e chassi – na versão de passageiros (18 lugares), o mesmo motor entrega 135 cv de potência. O câmbio é sempre manual de seis marchas.

Fotos: Divulgação e Reprodução

- Publicidade -
Share This