- Publicidade -

Volvo elétrico XC40 Recharge

Marca irá lançar nova gama de modelos sem motor a combustão e apostará em vendas 100% online

Na esteira de fabricantes como General Motors e Jaguar, que anunciaram recentemente a transição para gama 100% elétrica nos próximos anos, a Volvo comunicou nesta terça-feira (2) que venderá somente veículos elétricos a partir de 2030. Até lá, a marca irá lançar uma gama completamente nova de modelos elétricos e irá tirar de linha até mesmo os híbridos. O primeiro lançamento da nova fase é o C40, versão de estilo cupê do XC40 e que terá somente opção elétrica.

Até 2030, a Volvo acredita que a infraestrutura de carregamento será expandida para atender a pleno a demanda dos elétricos. Já em 2025, a marca projeta que os modelos 100% elétricos respondam por metade das vendas globais da companhia – a outra metade das vendas será composta pelos híbridos plug-in. “Não há futuro de longo prazo para carros com motor de combustão interna”, diz o diretor de tecnologia da Volvo, Henrik Green.

- Publicidade -

Parte dos futuros modelos deverá ser feita na plataforma SPA2, uma evolução da arquitetura SPA usada atualmente nos modelos XC90, XC60, S90, S60 e V90. Todos os sucessores destes veículos deverão surgir somente em opções elétricas nos próximos anos.

Outra aposta da marca será a digitalização das vendas, com a estratégia de venda dos modelos elétricos somente no canal online. A compra dos carros elétricos será feita exclusivamente no site volvocars.com, onde o cliente poderá configurar os veículos, fazer o pagamento e agendar a entrega rápida. A marca não detalhou quando o a estratégia de venda 100% online dos elétricos terá início.

No Brasil, a marca irá lançar o elétrico XC40 Recharge nos próximos meses. Com motores elétricos nos dois eixos (tração integral), o SUV possui 408 cv de potência e 67,3 kgfm de torque. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 4,9 segundos, enquanto a autonomia supera os 400 km.

- Publicidade -

Fotos: Divulgação

Share This