Ford Territory Titanium 2021

Unidades do SUV podem apresentar funcionamento irregular do conversor catalítico

A Ford anunciou recall do Territory por falha no catalisador. O funcionamento irregular do conversor catalítico pode provocar elevação das emissões atmosféricas, ultrapassando os limites previstos por lei. Os reparos terão início nesta quarta-feira, em 25 de fevereiro.

De acordo com a fabricante, foi detectado risco de oscilações no tratamento dos gases emitidos pelo sistema de escapamento em função de variação no processo de produção do conversor catalítico. As unidades do Territory envolvidas no recall possuem numeração de chassi (8 últimos dígitos) de MTP00009 até MTP04168, com datas de produção entre 27 de dezembro de 2019 e 10 de outubro de 2020. O conserto inclui a troca gratuita do conversor catalítico do sistema de escapamento, com duração estimada de 1 hora e 10 minutos.

A confirmação das unidades envolvidas e o agendamento do reparo podem ser feitos por meio do telefone 0800 703 3673 ou do site www.ford.com.br. O recall do Territory é o segundo convocado pela Ford em 2021 – na última semana, a marca chamou unidades de Fusion e Edge para troca do insuflador do airbag do motorista. Neste caso, entretanto, o reparo será realizado somente no primeiro trimestre de 2022.

- Publicidade -

Lançado no Brasil em agosto de 2020, o Territory é importado da China em duas versões: SEL (R$ 179.900) e Titanium (R$ 197.900). Ambas possuem a mesma mecânica, com motor 1.5 turbo de 150 cv de potência a 5.300 rpm e 22,9 kgfm de torque entre 1.500 e 4.000 rpm. O câmbio é automático do tipo CVT, com simulação de 8 marchas e tração somente dianteira.

Fotos: Revista Carro

Share This