Novo Nissan Versa

Nissan prepara a chegada de novos modelos elétricos, inclusive
para a América Latina

Até 2023, os planos da Nissan são de lançar oito veículos totalmente elétricos, porém, isso não significa que todos serão comercializados no continente sul-americano.

Ricardo Flammini, Vice-Presidente de vendas e marketing América Latina, não descarta também a vinda de outros modelos, visto os bons resultados obtidos com o Leaf. “Há mercados em que o Leaf é o único elétrico comercializado, e nossa estratégia é liderar o segmento. Mas, como é sabido, a região sul-americana está atrás da Europa, Estados Unidos, China e Japão no que diz respeito à infraestrutura de abastecimento. É necessário criar políticas de incentivo para tornar o carro elétrico mais acessível. Lançamos o Leaf, mas não é só para ter o Leaf. Porém, os próximos passos serão dados com base nas experiencias obtidas com ele”, avalia o executivo.

- Publicidade -

Na atualidade, Flammini considera que a Colômbia e o Chile são os dois países do continente que estão adiantados nesse processo de incentivar a troca do veículo a combustão pelo elétrico; o primeiro pelos incentivos oferecidos e o segundo por trabalhar na implantação de estações de recarga.

Mas enquanto os elétricos não chegam, o lançamento do ano da fabricante japonesa será o sedã compacto Versa, que ele acredita terá excelente aceitação. “O Versa será um sucesso no Brasil, como é nos outros mercados em que foi lançado. Ainda estamos trabalhando no March, ainda sem prazo, mas também é um modelo importante para os planos de crescimento na região”.

Leia mais

Novo Nissan Versa está confirmado para chegar ao Brasil em 2020

Nissan espera vender 1 milhão de veículos elétricos em 2023

Elétrico Nissan Leaf: tecnologia das ruas para as pistas

- Publicidade -
Share This