Toyota Hilux

Toyota Hilux recebe nota máxima com cinco estrelas para proteção de adultos e crianças

O Latin NCap, entidade que avalia a segurança de veículos comercializados na América Latina e Caribe, divulgou novos resultados de crash-tests. Nesta edição, o Chevrolet Cruze (hatch e sedã) equipado com seis airbags obteve cinco estrelas de proteção para adultos e quatro para crianças, enquanto a picape Toyota Hilux atingiu a pontuação máxima de cinco estrelas em ambos os casos. Já a Nissan Frontier conseguiu quatro estrelas na proteção para adultos e quatro para crianças.

Chevrolet Cruze

Chevrolet Cruze

No caso do Chevrolet Cruze, produzido na Argentina, os resultados são válidos para as carrocerias hatch e sedã. Vale lembrar que o Cruze foi avaliado também no ano passado, mas obteve resultado inferior no impacto lateral porque não era dotado de airbags de cortina – apenas com os frontais e laterais. Na época, o modelo conseguiu quatro estrelas na proteção para adultos e crianças.

- Publicidade -

A pontuação maior neste novo teste se aplica aos carros fabricados a partir de 21 de maio, que passaram a vir equipados com seis airbags e controle de estabilidade ESC de série. Este foi o primeiro teste da Chevrolet com resultado máximo para adultos, com observações positivas nos diferentes aspectos avaliados. Quanto à proteção para crianças, o Cruze não conseguiu as cinco estrelas devido à sinalização das ancoragens Isofix, que não atende aos requisitos do Latin NCap, além de ser necessária a melhoria na proteção oferecida ao dummy de três anos no impacto frontal.

Toyota Hilux

No caso da picape Toyota Hilux cabine dupla e do SUV SW4, fabricados na Argentina e na Tailândia, o resultado máximo obtido se deve à inclusão do controle de estabilidade e ao total de sete airbags nos modelos fabricados a partir de 1º de julho de 2019. A Hilux também havia passado por crash-test em 2015, quando os requisitos eram diferentes dos atuais, conseguindo cinco estrelas na época. Segundo o Latin NCap, a proteção oferecida para a cabeça e o pescoço do motorista e do passageiro foi boa, com observações positivas na maior parte dos pontos avaliados. A área dos pés foi considerada estável e apresentou deformação insignificante.

Nissan Frontier

Nissan Frontier

Por fim, a Nissan Frontier cabine dupla, também chamada de Navarra NP300, produzida na Argentina e no México, obteve quatro estrelas na proteção para adultos por oferecer apenas dois airbags frontais e o ESC. No teste, a estrutura da picape foi considerada instável, com baixa proteção lateral para a cabeça. Também foram consideradas apenas marginais as proteções para o tórax e joelhos do motorista. A picape não passou pelo teste de impacto lateral de poste por não oferecer airbags laterais de cabeça como equipamento de série. No caso de crianças, a proteção oferecida ao dummy de três anos, bem como a falta de possibilidade de desconectar o airbag do passageiro, limitaram o veículo a obter uma pontuação mais alta.

- Publicidade -

Confira abaixo os vídeos com os testes dos três modelos:

Sem modificações externas, Toyota lança linha 2020 da Hilux e SW4

Chevrolet Cruze estreia linha 2020 com novo visual e wi-fi a bordo

- Publicidade -
Share This