O Lifan X80 tem atributos no visual e na possibilidade de levar até sete ocupantes. Já o desempenho…

Esqueça dos antigos Lifan 320, 620 e 530, pois o novo X80 VIP está um patamar acima. Feito no Uruguai, ele custa R$ 129.777 e deseja provocar os consumidores de utilitários esportivos. O nosso primeiro contato ocorreu no lançamento, em junho deste ano, e agora o colocamos à prova. O motor 2.0 16V turbo a gasolina sofreu um processo de tropicalização no sistema de injeção diminuindo a potência de 190 para 184 cv, enquanto o torque de 28,6 kgfm está disponível entre 1.600 e 3.600 rpm.

Conforme constatamos anteriormente, o desempenho é apenas condizente com a sua proposta familiar. A força entregue em baixos giros agrada, porém, incomoda a vibração transmitida em marcha lenta. Para suavizá-la, como nas paradas de semáforo por exemplo, basta colocar a alavanca de câmbio na posição N (Neutro). As suspensões dianteiras McPherson e multibraços atrás são macias ao filtrarem e absorverem bem as imperfeições do asfalto. Já nas curvas, a maciez do conjunto cobra o seu preço e faz a carroceria rolar além da conta, assim como a dianteira afunda durante as frenagens. Na estrada, o utilitário esportivo ainda sofre com os ventos laterais e o isolamento acústico da cabine, que deixa passar os ruídos do motor e da rolagem dos pneus de medidas 245/55 R19. A direção elétrica anestesiada e as espumas dos bancos poderiam ser melhores.

Os números não mentem

Com peso de 1.885 kg, o X80 VIP tem relação peso-potência de 10,24 kg/cv. Segundo nossas medições, ele acelerou de 0 a 100 km/h em 12s12, enquanto o Volkswagen Tiguan Allspace 250 TSI, com motor 1.4, cravou 9s54. Ambos os SUVs utilizam tração dianteira e câmbio de seis marchas. O do Lifan é automático, enquanto o do Volkswagen é de dupla embreagem. O Lifan também foi ultrapassado pelo Chevrolet Equinox LT (7s57), que possui um 2.0 turbo de 262 cv, e o Peugeot 5008 (10s20), cujo motor 1.6 turbo THP oferece 165 cv.As retomadas de 40 a 100 km/h e de 60 a 120 km/h ocorreram em 9s11 e 11s74, respectivamente.

No rival VW Tiguan Allspace 250 TSI, por exemplo, são em 7s68 e 10s30, nessa ordem. O teste dos freios feito de 100 a 0 km/h, realizado com o carro carregado com 200 kg, revelou uma fadiga no sistema. Da primeira (41,87 m) até a nona (50,00 m), a diferença superou em oito metros. Já o consumo de combustível não foi o dos melhores. Pela média PECO (55% cidade e 45% estrada) foram aferidos 7,8 km/l. Também abastecidos com gasolina, o Tiguan marcou 11,7 km/l, o 5008 (11,5 km/l) e o Equinox (9,45 km/l).

Apesar dos pontos fracos, o X80 VIP tem qualidades na recheada lista de série. Entre os itens estão central multimídia com tela tátil de 8” e conectividade Android Auto e Apple CarPlay, quadro de instrumentos totalmente digital, bancos dianteiros elétricos, teto solar, retrovisores com rebatimento elétrico e aquecimento, luzes de circulação diurna (DRL), sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, além de um amplo espaço interno com lugar para até sete passageiros.

Veja a tabela de teste com os números de pista do Lifan X80 VIP:

 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This