- Publicidade -
Fiat Premio CS anos 1990

Fiat Premio CS anos 1990

Sedã derivado do Uno somou 180 mil unidades comercializadas no mercado brasileiro

Este mês de março marcou os 35 anos do lançamento do Fiat Premio. Desenvolvido no Brasil, o sedã derivado do então novíssimo Uno ficou conhecido também em outros mercados latinos e na Europa.

Lançado para ocupar o espaço do Oggi — o sedã derivado do Spazio/147 — o três volumes do Uno foi o primeiro carro brasileiro equipado com computador de bordo. Apesar do porte compacto, o Premio surpreendia pelo bom espaço para os passageiros e pelo porta-malas de 530 litros, além de ser um dos poucos modelos da categoria com a opção da carroceria de quatro portas. Outra característica marcante era a suspensão com acerto macio.

- Publicidade -

O Premio foi também o primeiro Fiat nacional a utilizar o motor 1.5 Sevel argentino, que desenvolvia 71,4 cv de potência e só saiu de cena nos anos 2000, quando deixou de ser utilizado na picape Strada. Esta era inicialmente a opção mais potente do sedã, que era vendido também com o motor 1.3 Fiasa. Posteriormente, a linha passou a contar apenas com o propulsor 1.5 e também um novo 1.6, ambos da Sevel, e que chegaram a receber injeção eletrônica.

Além da fábrica de Betim, o Premio foi produzido também na Argentina, na fábrica de Córdoba, onde recebia o nome de Fiat Duna. O sedã foi comercializado em vários mercados da América do Sul e também na Itália, onde foi vendido entre 1987 e 1991.

Fiat Premio CSL anos 1990

Fiat Premio CSL anos 1990

Os italianos recebiam uma versão exclusiva. Com o nome Duna como o carro argentino, combinava os equipamentos do Premio CSL com os motores a gasolina 1.1 e 1.3 da família Fiasa (de 58 e 67 cv, respectivamente) e também um propulsor 1.7 diesel de 60 cv.

- Publicidade -
Fiat Duna CSL 1.6

Fiat Duna CSL 1.6

No Brasil, o Premio foi produzido até 1994. Mas as vendas continuaram com unidades importadas da Argentina. Depois de 180 mil unidades comercializadas por aqui, o sedã deu espaço para o Siena em 1997, modelo que era a variação sedã do então recém-lançado Palio e conservava boa parte dos atributos do antecessor.

Share This