Novo DS 4 2022

Hatch cresce em porte e tecnologia com a adoção da mesma plataforma do Peugeot 3008 – e finalmente ganha vidros elétricos na traseira

A Stellantis apresentou, na Europa, a nova geração do DS 4. O modelo abandona a carroceria hatch para apostar em estilo inspirado em SUVs, tornando-se um legítimo crossover. As vendas no Velho Continente começarão no segundo semestre deste ano.

O DS 4 de segunda geração troca a plataforma PF2, a mesma do 308 de primeira geração, pela base modular EMP2, que dá origem ao Peugeot 3008 de segunda geração e é preparada para eletrificação. A fabricante diz que a nova base do crossover traz diversas evoluções, com até 70% de novos componentes desenvolvidos para o crossover. Nas dimensões, o DS 4 2022 chega a 4,40 m de comprimento, 1,83 m de largura e 1,47 m de altura.

O novo DS 4 mistura elementos de DS 3 Crossback e DS 7 Crossback, com múltiplos vincos por toda a carroceria, conjunto ótico afilado (na dianteira e traseira) e teto na cor preta. Os faróis possuem tecnologia Matrix e possuem um prolongamento com as luzes de rodagem diurna no para-choque – ao todo, 98 LEDs compõem o sistema de iluminação frontal.

- Publicidade -

A segunda geração do DS 4 será vendida também na nova configuração Cross, com apliques plásticos no para-choque, rack de teto, molduras das janelas em preto brilhante e teto na mesma cor do restante da carroceria. As rodas podem ser de até 20 polegadas.

Vidros traseiros do DS 4 agora são elétricos!

Tão arrojada quanto o exterior, a cabine em nada lembra o antecessor. A ousadia começa pelas saídas de ventilação: as centrais são “camufladas” pelos botões físicos, enquanto as laterais ficam alojadas nas portas, e não no painel.

Novidade no modelo é a presença de vidros elétricos nas quatro portas – na primeira geração, em função do formato das portas, os vidros traseiros eram totalmente fixos. A solução da marca no novo crossover foi aplicar uma vigia fixa para permitir que os vidros de trás baixem por completo.

Ao todo, o interior do novo DS 4 traz três telas digitais de alta resolução, incluindo o quadro de instrumentos. A central multimídia, de 10”, possui o novo sistema operacional DS Iris e pode ser comandada por meio de uma tela secundária no console, de 5”. Outra novidade é o sistema head-up display com realidade aumentada e projeção das informações em uma área no para-brisa equivalente a 21”.

- Publicidade -

Na mecânica, o novo DS 4 terá opção de motores 1.2 Puretech Turbo de 130 cv e 1.6 Puretech Turbo de 180 cv ou 225 cv, além de uma variante diesel de 130 cv. O modelo terá ainda configuração híbrida, que combina o 1.6 Puretech de 180 cv a um motor elétrico de 110 cv para 225 cv de potência combinada. No modo 100% elétrico, o DS 4 híbrido pode percorrer até 50 km (ciclo WLTP). Em toda a gama do DS 4, o câmbio é sempre automático de 8 marchas.

Fotos: Divulgação

Share This