Mercedes-Benz GLE Coupé e Mercedes-AMG GLE 53Pouco antes da estreia para o público no Salão de Frankfurt, que acontecerá em setembro, na Alemanha, a Mercedes-Benz divulgou fotos e informações dos novos GLE Coupé e Mercedes-AMG GLE 53. O primeiro será oferecido nas versões 350d e 400d, ambas com motorização diesel, então o esportivo AMG terá propulsor a gasolina. As vendas no exterior terá início em 2020. No futuro, o modelo terá, ainda, uma configuração híbrida plug-in.

Mercedes-Benz GLE CoupéProduzido em Tuscaloosa, no Alabama (EUA), o novo GLE Coupé mede 4,939 m de comprimento e 2,010 m de largura, ou seja, cresceu 39 mm e 7 mm, respectivamente, em relação ao seu antecessor. A distância entre-eixos também aumentou em 20 mm – são 60 mm a menos que o irmão maior GLE. Seu porta-malas oferece 655 litros de capacidade, podendo ir a 1.790 litros com os bancos rebatidos, volume 70 litros maior que o modelo anterior.

Mercedes-Benz GLE CoupéVisualmente, os destaques ficam com a grade estilo diamante com uma única linha horizontal e os faróis full-LED, além, claro, do caimento acentuado do teto na traseira que caracteriza o lado “Coupé” do modelo. De acordo com a fabricante, a eficiência aerodinâmica melhorou 9% em relação ao predecessor.

Outros itens que merecem atenção são a suspensão a ar opcional, as duas telas de 12,3″ no interior 275 cv)e o sistema de entretenimento MBUX. O conjunto mecânico pode ser composto pelo motor a diesel de seis cilindros em linha: 300d (275 cv e 61,1 kgfm) e 400d (334 cv e 71,3 kgfm), ambos com câmbio automático de nove marchas e tração integral.

Mercedes-Benz GLE Coupé

Interior do novo Mercedes-Benz GLE Coupé

Mercedes-AMG GLE 53Já o Mercedes-AMG GLE 53 se diferencia na dianteira pela grade com linhas verticais cromadas, além de itens para criar o apelo esportivo, como saias laterais e duas saídas duplas de escape. O motor 3.0 turbo de seis cilindros em linha entrega 441 cv de potência, com outros 22 cv adicionais fornecidos temporariamente pelo sistema elétrico 48V. Dotado da tecnologia híbrido leve, o AMG GLE 53 é capaz de desligar o motor a combustão em algumas situações para economizar combustível.

Mercedes-AMG GLE 53A transmissão é a automatizada Speedshift de nove marchas. Há ainda sete modos de condução. Sua aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 5,3 segundos, com velocidade máxima limitada eletronicamente de 250 km/h.

Mercedes-AMG GLE 53

Interior do Mercedes-AMG GLE 53

 

Avaliamos o Mercedes-Benz C 300 Sport

Por R$ 1,7 milhão, Mercedes-AMG GT R PRO esgota lote destinado ao Brasil

Mercedes-Benz Classe C Cabriolet e Coupé chegam no Brasil a partir de R$ 289.000

 

Share This