amortecedor lombada

Hoje não se fala em outra coisa senão reduzir emissões de poluentes, CO2, efeito estufa e se recorrer a carros híbridos e elétricos. Será que ninguém pensa no efeito perverso das lombadas que só contribuem para esse problema?
CAIO VASCONCELLOS – SÃO PAULO, SP

Realmente ninguém pensa. Nesse ponto os carros elétricos e híbridos menos mal, pois recuperam a energia cinética (de movimento) nas desacelerações e frenagens quando o motor elétrico passa a gerar energia elétrica para carregar a bateria. Mas não enganemos a nós próprios. Primeiro, vai demorar muito a população desses carros ser significativa, mesmo nos países centrais, o que dirá o nosso. Segundo os carros a combustão estarão entre nós por décadas à frente. Para finalizar, estamos há 40 anos com lombadas prejudicando a circulação normal dos veículos de todos os tipos — frear e depois acelerar, sem nenhuma dúvida uma contribuição palpável para o efeito estufa.


No Correio Técnico da Revista CARRO, você pode esclarecer suas dúvidas sobre o funcionamento do veículo, legislação, equipamentos e por aí vai, respondidas por nosso consultor técnico, Bob Sharp.

- Publicidade -

Leia mais

Etanol aditivado vale a pena?

Saiba como fazer a manutenção e os cuidados com o ar-condicionado

- Publicidade -
Share This