- Publicidade -

Peugeot e-208 GT 2021 elétrico Brasil

Importada da Eslováquia, versão 100% elétrica será vendida apenas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro

A Peugeot lança no Brasil o e-208 GT, versão 100% elétrica do hatch compacto. Importado da Eslováquia, o modelo será vendido inicialmente em apenas duas concessionárias, nas capitais dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, por a partir de R$ 244.990. Além do 208 elétrico, a marca realizará ainda em 2021 o lançamento do furgão elétrico e-Expert, como antecipamos em agosto.

Apesar da propulsão elétrica, o visual do e-208 GT é semelhante ao das versões a combustão (produzidas na Argentina), incluindo os faróis full LED com luzes de rodagem diurna integradas ao para-choque. Exclusividades do modelo elétrico são os arcos nas caixas de roda e acabamentos do para-choque traseiro pintados na cor preto brilhante, rodas de 17 polegadas e lanterna de neblina, além da óbvia ausência de saída de escapamento.

- Publicidade -

Do lado de dentro, a cabine também traz itens inéditos em relação ao 208 argentino, como central multimídia com tela de 10 polegadas (ante 7 polegadas do modelo a combustão), bancos com novo desenho e revestimento exclusivo, freio de estacionamento com acionamento eletromecânico, console central redesenhado, painel com costuras para o revestimento superior, volante com logotipo GT na base e alavanca de seleção de marcha do tipo joystick.

A lista de equipamentos traz os itens de assistência à condução da versão Griffe, como assistente de permanência em faixa, frenagem autônoma de emergência, leitor de placas, monitor de fadiga do motorista e farol alto automático. No elétrico, há ainda controle de cruzeiro adaptativo e monitor de pontos cegos. 

Como a bateria é posicionada no assoalho e não há estepe (substituído por pneus run-flat), o porta-malas do modelo é maior do que o das versões a combustão, com 311 litros – ante 265 litros. O time local de Engenharia da Stellantis também realizou adequações para rodagem no Brasil, o que inclui um novo pacote de proteção para a bateria, com aplicação de chapas metálicas (ao invés de plásticas) em todo o assoalho. As bandejas da suspensão foram reforçadas e o sistema de climatização foi ajustado para melhor desempenho em nosso clima tropical.

- Publicidade -

Anteriormente chamado de 208 e-GT na fase de pré-lançamento, o modelo passa a ser chamado de Peugeot e-208 GT a fim de seguir a nomenclatura global da marca. Mecanicamente, o hatch traz motor elétrico de 136 cv de potência e 26,5 kgfm de torque. Segundo dados de fábrica, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 8,3 segundos. O modelo traz três modos de condução (Eco, Normal e Sport), além do B-Mode, que aumenta a regeneração de energia e permite dirigir utilizando apenas o pedal do acelerador, sem o uso do freio convencional.

O Peugeot e-208 GT traz bateria de 50 kWh de capacidade. A autonomia homologada no ciclo WLTP é de 340 km, podendo variar de acordo com o tipo de uso. De fábrica, o modelo virá com carregador portátil no porta-malas compatível com tomadas domésticas de 110V e 220V – o tempo para atingir 80% em 1,8 kW pode superar as 24 horas. Para recarga mais rápida, a marca venderá separadamente dois Wallbox da WEG, com capacidades de 7,4 kW ou 22 kW.

No wallbox de 7,4 kW, é possível recarregar 80% da bateria em 6 horas. Já no modelo de 22 kW (trifásico), esse mesmo nível é atingido em 4 horas. O modelo traz plugues de recarga do tipo 2 (o mais comum para recarga de corrente alternada) e do tipo CCS-2 (para recarga em corrente contínua). Neste último, em estações públicas de 100 kW, é possível acumular 80% de carga em apenas 30 minutos.

Para os 20 primeiros compradores do modelo, a Peugeot irá oferecer gratuitamente o carregador wallbox de 7,4 kW. A garantia para a bateria de tração é de 8 anos ou 160 mil km. Segundo a marca, a estratégia de eletrificação da marca prevê a expansão dos pontos de venda em 2022 para outras capitais, como Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Porto Alegre (RS) e Recife (PE), entre outras.

Fotos: Divulgação

Share This