GT up! foi mostrado em 2011, mas jamais lançado: nome pode ser esse (ou speed up!)

A Volkswagen mostra na próxima quarta-feira (24), em São Carlos (SP), o motor TSI 1.0 de três cilindros definitivo que equipará algumas versões do up! nacional. Ainda não há confirmação oficial sobre sua produção na cidade paulista, onde a Volks mantém uma fábrica especializada em motores. O propulsor surgiu pela primeira vez no Salão de São Paulo de 2014, mas apenas como estudo.

O motor tricilíndrico aspirado de 82 cavalos (família EA211) move toda a gama brasileira do up! e versões do Fox. Na Europa, sob o selo TSI (referência à pulverização da gasolina na câmara de combustão) e com potência de até 115 cv, a variação turboalimentada já está presente em vários modelos da Volks, como Golf e Golf Variant, em que cumpre o papel de barateador do preço final.

Motor TSI 1.0Carros de teste da Volks já foram flagrados circulando no Brasil com o propulsor 1.0 TSI sob o capô. Entre eles, up! e Golf. Mas a chance desse último ganhar o motor por aqui é, literalmente, zero: há quem torça o nariz até para o excelente TSI 1.4 (usado pela Audi) por ter cilindrada “pequena” para um hatch médio.

No up! a percepção é a oposta: o carrinho, que depois de mais de um ano nas lojas ainda não conseguiu empolgar o consumidor brasileiro como a Volks desejava, vai virar um “foguetinho”, mesmo que a calibragem do TSI 1.0 seja mais modesta e fique em torno dos 105 cv com etanol (valor citado no salão de 2014, com 20 kgfm de torque).

Vale lembrar que, se a Volks quiser, tira mais de 270 cv de potência e 27 kgfm desse mesmo motor, como foi mostrado em recente evento de tecnologia na Áustria. Mas esse acerto ficará restrito a carros de competição.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This