Lifan X60Dúvida do leitor Fábio Ventura, 35 anos, Belo Horizonte, MG: Estou me preparando para adquirir um carro maior e sempre tive uma admiração por SUVs. Fui analisar as opções do mercado e o Lifan X60 me saltou aos olhos.
Gostei do visual dele, mas, por ser chinês, fico um pouco com o pé atrás. Será que vale a pena arriscar? Pelo preço dele há opções melhores no mercado? 

Sugestão do leitor: Lifan X60
Ano: 0 km
Preço: R$ 55.900
Avaliação: O Lifan X60 foi o carro chinês mais vendido no país ano passado, totalizando 4.586 unidades. O relativo sucesso se deve ao preço atraente e ao número de equipamentos de série que ele oferece. Completo, o modelo já vem até com central multimídia de 7’’ e câmera de ré. Espaço interno é outro trunfo do SUV. Contudo, o desempenho do motor 1.8 e o acabamento da cabine criam um abismo de qualidade entre ele e seus rivais nacionais.
Pontos positivos: Custo-benefício. De série, o X60 já vem completo, incluindo central multimídia com navegador e câmera de ré. O espaço é generoso.
Pontos negativos: Acabamento interno expõe falhas graves na qualidade dos materiais e dos encaixes. Pouca liquidez no mercado atrapalha a revenda.
Destaque: Somente a gasolina, o consumo do X60 é razoável: 8 km/l na cidade.
Ficha técnica: Motor 4 cil., diant., trans., gasolina; Cilindrada 1.794 cm3; Potência 128 cv a 6.000 rpm; Torque 16,8 mkgf a 5.000 rpm; Câmbio manual, 5 marchas; Tração dianteira; Medidas Comp. 4,32 m/Larg. 1,79 m/Alt. 1,69 m/Entre-eixos 2,60 m/Peso 1.330 kg

 

Ford Ecosport Freestyle 2013

Sugestão CARRO ONLINE: Ford Ecosport Freestyle 1.6
Ano: 2013
Preço: R$ 54.145 (Fonte: Fipe)
Avaliação: Líder de vendas em sua categoria, o Ecosport não tem só os fatores mercadológicos como trunfo. O visual moderno e a cabine mais bem acabada destacam-se facilmente do chinês. Na versão Freestyle, o modelo também vem bastante recheado de itens de série e, embora não traga a câmera de ré, é equipado com controle de estabilidade para a segurança. O desempenho é sensivelmente melhor, mas o consumo acaba ficando um pouco prejudicado.
Pontos positivos: Design moderno e atual e conforto ao rodar, devido ao comportamento da suspensão. Ótima fluidez no mercado garante a revenda.
Pontos negativos: Espaço interno, principalmente nos bancos de trás, poderia ser melhor. Faltam itens como câmera de ré e navegador.
Destaque: A média de consumo do Ecosport 1.6, com etanol, é de 8,8 km/l em percurso combinado.
Ficha técnica: Motor 4 cil., diant., trans., flex; Cilindrada 1.596 cm3; Potência 115 cv a 5.500 rpm; Torque 15,9 mkgf a 4.750 rpm; Câmbio manual, 5 marchas; Tração dianteira; Medidas Comp. 4,24 m/Larg. 1,67 m/Alt. 1,67 m/Entre-eixos 2,52 m/Peso 1.243 kg

 

Renault Duster Dynamique 2012

Sugestão CARRO ONLINE: Renault Duster Dynamique 2.0
Ano: 2012
Preço: R$ 49.432 (Fonte: Fipe)
Avaliação: Com um apelo mais robusto, o Duster, na versão Dynamique, traz dois atributos que seus rivais não têm: tração 4×4 e o motor 2.0. O primeiro é uma grande vantagem para torná-lo apto a incursões fora de estrada. Já o segundo proporciona um desempenho mais ágil, porém, sem dar trégua ao consumo de combustível elevado. Frente ao chinês, ele só fica devendo pelo GPS, pois é completo de série, e o espaço é generoso.
Pontos positivos: 4×4 faz a diferença na hora de superar obstáculos. Espaço interno é confortável para todos os cinco ocupantes.
Pontos negativos: O motor 2.0 é beberrão, mesmo abastecido com gasolina. A cabine poderia ser mais refinada e a posição de dirigir, mais ergonômica.
Destaque: A média de consumo do Duster 2.0 não chega a 7 km/l na cidade com etanol.
Ficha técnica: Motor 4 cil., diant., trans., flex; Cilindrada 1.998 cm3; Potência 142 cv a 5.500 rpm; Torque 20,9 mkgf a 3.750 rpm; Câmbio manual, 6 marchas; Tração integral; Medidas Comp. 4,31 m/Larg 1,82 m/Alt. 1,70 m/Entre-eixos 2,67 m/ Peso 1.353 kg

 

Chevrolet Captiva 2011

 

Sugestão CARRO ONLINE: Chevrolet Captiva
Ano: 2011
Preço: R$ 57.365 (Fonte: Fipe)
Avaliação: Subindo de patamar, o Captiva aparece como uma opção mais em conta entre os SUV maiores. O nível de conforto e requinte é certamente superior em comparação ao das demais opções, assim como o desempenho do motor de 184 cv. É preciso ficar atento aos custos para mantê-lo, que são condizentes aos de um modelo acima dos R$ 100.000. Há diversas ofertas com uma varidade de preços no mercado de usados.
Pontos positivos: Três adultos podem viajar confortavelmente no banco de trás. Posição de dirigir e desempenho garantem o prazer de guiar o modelo.
Pontos negativos: Manutenção, seguro e combustível vão representar gastos consideráveis ao proprietário. Não há central com navegador.
Destaque: Na prova de aceleração de 0 a 100 km/h, o Captiva registra uma marca interessante: 11s5.
Ficha técnica: Motor 4 cil., diant., trans., gasolina; Cilindrada 2.384 cm3; Potência 184 cv a 6.700 rpm Torque 23,3 mkgf a 4.900 rpm; Câmbio automático, 6 marchas; Tração dianteira; Medidas Comp. 4,57 m/Larg. 1,85 m/Alt. 1,70 m/Entre-eixos 2,70 m/ Peso 1.742 kg

 

O produto mais confiável garante o melhor negócio

Apesar de a oferta de equipamentos do Lifan X60 ser muito atraente, ainda é arriscado optar pelo modelo chinês. Além do nível de qualidade notadamente inferior, a rede diminuta de concessionárias (há menos de 50 pelo Brasil) dificulta o pós-venda tanto em preços quanto em comodidade e agilidade dos serviços. Nesse caso, a escolha mais racional é o Ford Ecosport, respaldado por um pós-venda mais consolidado, sem contar a grande diferença de qualidade. O Duster é a opção mais completa, mas o bolso vai sentir o golpe a cada abastecimento. Já o Captiva com quatro anos de uso tem manutenção elevada, deixando-o ainda mais desvantajoso para o consumidor.

RANKING CARRO ONLINE

1º – Ford Ecosport Freestyle
2º – Renault Duster Dynamique 2012
3º – Lifan X60
4º – Chevrolet Captiva

A seção “O que comprar com…” é publicada mensalmente na revista CARRO, na parte dedicado ao mercado. Você pode nos enviar suas dúvidas para nós pelo e-mail carro@motorpressbrasil.com.br. Se sua história for escolhida, ela será publicada na revista e você ganhará três meses de assinatura da CARRO. 

Pin It on Pinterest

Share This