Dois flagras da Volkswagen próximos a Campos do Jordão/SP mostram que a fabricante alemã está trabalhando freneticamente para reformular sua linha de alta gama no Brasil. E uma das novidades vai deixar os órfãos do antigo Jetta Highline TSI muito felizes: é o novo Jetta GLi, versão mais potente do sedã médio e que traz o mesmo motor do atual Golf GTI: 2.0 turbo de 230 cv de potência e 35,6 kgfm de torque.

VW Jetta GLi: Visual mais agressivo e motor de Golf GTI

Nos Estados Unidos, onde foi apresentado oficialmente mês passado, há a opção de câmbio manual de seis marchas, mas é mais provável que a VW ofereça por aqui o câmbio DSG de dupla embreagem com sete marchas. As rodas da unidade fotografada são as mesmas do modelo americano e, como é possível ver pelo registro, agora há duas saídas de escape de verdade na traseira.

Já o outro modelo flagrado é o Golf GTE, híbrido plug-in (pode ser recarregado na tomada) confirmado para o mercado brasileiro durante o Salão do Automóvel de São Paulo em novembro passado. Importado, o hatch combina motor 1.4 TSI de 150 cv a um motor elétrico de 102 cv.

O sistema trabalha com potência máxima de 204 cv, o que leva o hatch de zero a 100 km/h em 7s6 e velocidade final de 222 km/h. Não bastasse, a Volkswagen afirma que o modelo no modo de condução mais econômico pode atingir consumo mínimo de 1,6 litro de gasolina em percurso de 100 km. Seu armazenamento elétrico permite autonomia de até 50 km sem gastar qualquer mililitro de combustível.

Pin It on Pinterest

Share This