O Latin NCap divulgou nesta terça-feira (31) os resultados da fase 9 de testes. Seguindo o novo protocolo, mais rigoroso e vigente desde 2017, o qual considera os impactos laterais, o Nissan March conquistou uma estrela para a proteção de adultos e duas para crianças. Anteriormente, em 2015, o compacto havia obtido quatro estrelas. Novamente, em 2016, a sua nota baixou para três estrelas na proteção de adultos.

 

A unidade avaliada pela entidade independente é a produzida no México e similar aos modelos feitos na fábrica de Resende (RJ).

Segundo o Latin NCap, a estrutura do veículo se mostrou ligeiramente instável nos testes de impacto frontal na região da coluna A. Desta forma, a proteção para o motorista foi considerada a segunda pior de uma escala de cinco, assim como “marginal” (terceira pior) na proteção para as coxas, “bom” (melhor) para cabeça/canelas e “adequado” (segundo melhor) para os pés. Os resultados para o carona foram: “marginal” para o peito/coxa direita, “adequado” para canelas e “boa” para a cabeça.

Nos testes de impacto lateral, o March apresentou um nível de segurança “marginal” na região do peito do passageiro. O Nissan também perdeu pontos pela ausência dos airbags laterais e de cortina, Isofix para a fixação de bancos infantis e lembrete de cinto de segurança.

Ao todo, o March marcou 20,11 pontos de 34 possíveis, enquanto na proteção de crianças o compacto teve 21,42 pontos (de 49 possíveis).

 

Autor das imagens: Divulgação
Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This