Suzuki Jimny 4SPORT 2015

A Suzuki apresentou neste final de semana (17), no autódromo Vello Città, em Mogi Guaçu, SP, a linha 2015 da versão 4SPORT do Jimny, a mais cara e aventureira do jipe tabelada em R$ 64.990. O Jimny 2015 apresenta poucas mudanças em relação ao anterior.

A principal novidade é o cumprimento com a obrigatoriedade da instação dos freios ABS e airbag duplo no modelo, que é fabricado na planta de Itumbiara, GO, desde 2012. Fora isso, internamente, a única diferença é a inclusão de mais dois alto-falantes no conjunto de áudio do carro. 

Suzuki Jimny 4SPORT 2015Por fora, o 4SPORT não conta mais com placa de plástico nas laterais das portas. O modelo também ganhou dois apoios para os pés, para facilitar o acesso ao teto do carro. Os para-choques agora são feitos com peças modulares, o que facilita e barateira a manutenção. 

O Jimny 4SPORT é mais alto que as demais versões. São 200 mm do solo, com ângulo de entrada de 45º e de saída de 51º. Ele também é equipado com um tipo de pneu mais propício às incursões fora de estrada e um snorkel para habilitá-lo à enfrentar trechos alagados. Assim como em toda a linha do jipe, ele traz sob o capô um motor 1.3 16V de 85 cv e 11,2 mkgf de torque, com comando de válvulas variável, além da tração 4×4 reduzida com seletor (tração traseira ou 4×4 normal).

Suzuki Jimny 4SPORT 2015As outras versões do Jimny são: 4ALL (por R$ 58.990), 4SUN (que conta com teto solar, por R$ 62.990) e 4WORK (indicado para frotas, com preço sob demanda). 

A Suzuki promoveu um test-drive no novo 4SPORT em um circuito off-road no local da apresentação. Bastande desafiador, o trajeto contava com diversos tipos de situações adversas, como solo composto por pedregulhos, “paredes” (subidas muito íngremes que impossibilitam a visão do que vem à frente) e pequenas poças de água. Com a tração 4×4 reduzida ativada, o jipe não teve dificuldade alguma para superar os obstáculos, comprovando seu DNA genuinamente aventureiro. Mesmo disposto de um visual antiquado (especialmente em seu anterior), robustez e versatilidade são garantidas com o Jimny. 

DESAFIO JIMNY

No mesmo dia da apresentação da linha 2015 do Jimny, a Suzuki promoveu a conclusão do Desafio Jimny. Conforme você já viu no Carro Online, a fabricante convocou 16 motoristas para rodarem 100.000 km em 100 dias com o Jimny. Os últimos quilômetros foram completados no autódromo. 

Os jornalistas presentes no evento puderam dirigir um dos dois jipes que participaram da empreitada e compará-lo com um 0 km. No que diz respeito ao desempenho, o Jimny rodado não deveu em nada ao novo, proporcionando um rodar mais amaciado, como já era de se esperar. As respostas dos freios estavam ligeiramente menos precisas em comparação com o 0 km (nenhuma pastilha foi trocada durante o desafio, segundo a fabricante). O volante também apresentava uma folga mais acentuada e o impacto da suspensão era um pouco mais “seco” (provavelmente devido aos pouco mais de 10% de trechos off-road pelos quais o jipe trafegou, o que exigiu mais do modelo).

Nestes 100.000 km, além das revisões programadas da Suzuki a cada 10.000 km, os jipes tiveram alguns empecilhos pelo caminho, como a quebra da antena de um deles, troca dos pneus aos 50.000 km, trincas nos vidros (devido ao rebatimento das pedras do solo), desbalanceamento e a troca do retentor da roda de trás de um dos Jimnys. Ao total, foram R$ 5.998 para cada um de revisões programadas, mais R$ 737 de reparos extras para um e R$ 1.570,47 para outro. 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This