A Citroën está lançando o novo DS 5, modelo médio da divisão de luxo da francesa que, desde 2014, opera como uma marca independente. O preço é R$ 137.990, em versão única.

O modelo traz mudanças no visual, principalmente na grade dianteira, hexagonal mas com linhas curvas e contorno cromado. O conjunto de luzes é totalmente em LED, inclusive na luz de posição diurna, em filete contínuo com formato de asa, e no indicador de seta, em que a luz “desliza” de dentro para fora. Como de praxe na DS, a linguagem do comunicado de imprensa é exagerada: o texto diz que os faróis foram “trabalhados como pedras preciosas”.

Dianteira destaca conjunto de luzes ousado
Por dentro, o DS 5 manteve a proposta de colocar motorista e passageiro dianteiro num ambiente inspirado em aviões de caça. Entre outros detalhes, há o teto com três aberturas para a luz externa, comandos em dois consoles centrais (um deles no teto), volante achatado e, claro, o head-up display (HUD), que projeta informações do carro no parabrisa diante do motorista.

A DS fala em “experiência de direção high-tech”, mas a tela touchscreen colorida tem apenas 7 polegadas, medida inferior ao que se tem oferecido de mais avançado no segmento. O sistema multifunção dá acesso a navegação, música, configuração do carro e computador de bordo, e economiza 12 comandos que, de outra forma, estariam no console central. O DS 5 oferece Mirror Link (Android) e CarPlay (iOS), que joga os apps do celular na tela — mas a conexão é via cabo USB. Como prova de requinte, a cabine usa e abusa de materiais como metais e couros.

Cabine do DS 5 tem console no teto, inspirado em aviões
Entre outros, o novo DS 5 oferece como equipamentos de série: assistente de partida em aclive, direção eletro-hidráulica, controle de estabilidade, câmera de ré, bancos elétricos com massageadores e memória de posição, acesso e partida keyless (inclusive nas portas traseiras), espelhos retrovisores aquecidos e interno eletrocrômico, iluminação de recepção e ar-condicionado automático de duas zonas.

Sob o capô está o conhecido motor THP 165, acoplado a um câmbio automático Aisin des seis marchas com modo esportivo e possibilidade de trocas sequenciais. Com injeção direta de gasolina e turbocompressor com intercooler, o propulsor gera potência de 165 cv (a 6.000 rpm) e torque de 24,5 kgfm (entre 1.400 e 4.000 rpm). As rodas são diamantadas na cor preta, com pneus de medida 235/45 R18.

Versão única do DS 5 custa R$ 17.990
O DS 5 tem garantia de três anos e plano de revisões (a cada 10.000 km) a preços fixos, em revendas da Citroën. 

O QUE É A DS
A divisão de luxo da Citroën, cujo nome resgata o icônico modelo Citroën dos anos 1950, foi criada em junho de 2014 e tem como principal alvo o mercado da China, onde vende dois modelos exclusivos: DS 5LS e DS 6. No Brasil, a gama inclui DS 3 (rival do Mini Cooper), DS 4 e DS 5 (estes dois tentam brigar com modelos premium alemães).

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This