O Onix, automóvel mais vendido no Brasil em 2015 com 125.931 emplacamentos, passou por uma renovação visual e recebeu mudanças mecânicas. A Chevrolet mostrou nesta terça-feira (25) a linha 2017 do hatch e também do Prisma, sua variação sedã. A meta é continuar atraindo novos consumidores e manter-se no topo do ranking de vendas dos modelos nacionais também neste ano.

O velho (alto) e o novo (abaixo): mudanças deixaram Onix mais maduro

Externamente, o Onix mudou bastante. A dianteira traz o novo padrão visual da marca, com linhas mais horizontais e destaque para a grade bipartida, que se une aos faróis, os quais exibem desenho mais afilado. O capô também mudou, ganhando vincos e mais inclinação. Da mesma forma, o para-choque foi modificado e agora exibe uma aparência mais robusta.

Na traseira, destaque para as lanternas redesenhadas e reposicionadas, além do parachoque modificado, como o da frente. As rodas de 15″ também trazem acabamento exclusivo.

Alterações na traseira dpo Onix foram mais sutis

Por dentro, a General Motors resolveu um dos principais motivos de críticas ao modelo, já que os painéis das portas foram redesenhados e, com isso, o puxador da porta está em posição mais ergonômica. Além disso, o interior traz novos materiais. Os bancos têm novo acabamento, mas seguem dificultando a busca pela posição ideal de dirigir. Já a altura do painel – outro motivo de queixa – não mudou.

Por falar nele, o painel não mudou, mas tem novidade: a nova central multimídia, MyLink 2, capaz de espelhar smartphones. Além disso, a linha 2017 oferecerá o OnStar, serviço concierge da marca, desde a versão de entrada 1.0 do Onix. O serviço estreou no final do ano passado com a reestilização do Cobalt e agora está se popularizando no portfólio da Chevrolet.

Chevrolet corrigiu algumas falhas ergonômicas na cabine do Onix

PREÇOS E EQUIPAMENTOS:

Chevrolet Onix 1.0 LT: R$ 44.890
Ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, painel com velocímetro digital e alerta de mudança de marcha, sistema de áudio com Bluetooth e entrada USB, chave tipo canivete, faróis com máscara negra, banco do motorista e cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, limpador e desembaçador traseiro, espelho nas sombreiras, sistemas antifurto, aviso sonoro para não afivelamento do cinto, câmbio de seis marchas, rodas aro 14 com novas calotas, freios ABS com EBD e airbag duplo. Opcionais: sistema multimídia MyLink de segunda geração, volante multifuncional, luz de cortesia no porta-luvas, abertura do porta-malas por controle remoto e retrovisor interno com botões de acesso ao OnStar e OnStar pacote Protect (Diagnóstico, App/Web, Segurança e Emergência).

Chevrolet Onix 1.0 LT com MyLink: R$ 46.290
Chevrolet Onix LT 1.4: R$ 49.590
Chevrolet Onix LT 1.4 automático:  R$ 54.790

Chevrolet Onix 1.4 LTZ: R$ 54.490
Acrescenta:
 detalhes internos e externos cromados, computador de bordo com cinco funções (consumo médio, velocidade média, autonomia, temperatura externa e cronômetro), vidros traseiros elétricos, bancos com revestimento premium e tecido de alto relevo, retrovisores externos com ajuste elétrico, farol com superfície interna cromada e LED, faróis de neblina, rodas de alumínio, multimídia MyLink 2 e OnStar com pacote Exclusive (Diagnóstico, App/Web, Segurança, Emergência, Concierge e Navegação).

Chevrolet Onix LTZ 1.4 automático: R$ 59.790

OnStar fará parte da gama do Onix desde a versão de entrada

MECÂNICA E DESEMPENHO
Os motores seguem os mesmos 1.0 e 1.4, mas com mudanças voltadas à eficiência, que, de acordo com os dados do programa de etiquetagem do Inmetro (Conpet), permitiram que o Onix ficasse mais econômico, especialmente na versão de maior deslocamento. O Onix 1.4 ganhou novo câmbio manual de seis marchas e direção com assistência elétrica, diminuindo em 32 kg o peso total do carro. 

Segundo o órgão governamental, o novo Onix 1.4 é capaz de rodar 10,2 km/l na estrada e 8,6 km/l na cidade, abastecido com etanol. Estes resultados representam uma economia de combustível de 6,2% na estrada e 8,8% na cidade, em comparação com a linha anterior do compacto, ainda de acordo com o Inmetro.

Na prática, além de mais econômico, o Onix também ficou mais agradável de dirigir, já que a direção está mais precisa e segura. A suspensão também passou por ajustes, melhorando a condução e deixando o interior mais silencioso e confortável. 

Já o novo câmbio de seis marchas tem manuseio suave e agradável, permitindo conciliar modos de condução mais rápidos ou tranquilos. Resumindo, a GM contrariou o ditado popular e mexeu no time que estava ganhando. E, ao que tudo indica, a mudança foi para melhor.

Na dianteira, Prisma adotou as mesmas modificações visuais do Onix

PRISMA TAMBÉM MUDOU
A versão três-volumes do Onix, o Prisma, recebeu as mesmas modificações que o hatch na dianteira. Veja os preços:

Prisma LT 1.4: R$ 53.690
Prisma LT 1.4 automático: R$ 58.990
Prisma LTZ 1.4: R$ 58.690
Prisma LTZ 1.4 automático: R$ 64.690

Na traseira, o sedã conta com lanternas exclusivas, com novo desenho, além de para-choque reestilizado, defletor integrado à tampa do porta-malas e novas rodas com desenho exclusivo.

Na parte de dentro, o Prisma recebeu as mesmas mudanças e também ganhou novos itens de série, como o MyLink 2, mas o acabamento é um pouco diferente, como o revestimento dos bancos e dos painéis das portas e do painel. 

Por dentro, sedã e hatch se diferenciam por materiais de acabamento

A dirigibilidade do modelo também foi aprimorada, já que a direção com assistência elétrica proporciona mais agilidade, sem prejuízo à leveza nas manobras. A caixa de câmbio automática passou por melhorias, proporcionando uma condução mais confortável.

AVENTURA INÉDITA
A principal surpresa reservada pela Chevrolet para a linha 2017 do Onix foi a inédita versão aventureira do compacto. Batizada de Activ, a opção segue a receita já aproveitada de outras marcas e estiliza o compacto com apliques de proteção de plástico nas caixas de roda e rack de teto para deixar o Onix com uma cara “off-road”.

Esta versão deverá rivalizar com Hyundai HB20X, Renault Sandero Stepway e Volkswagen CrossFox e contará exclusivamente com o motor 1.4 de 108 cv de potência.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This