A chegada do inédito motor 1.0 turbo, antecipada pelo site Autos Segredos na última semana, pode não ser a única novidade na linha do Volkswagen Golf este ano.
Versão 1.6 do Golf tem visual idêntico ao das outras variantes

A Volkswagen adicionou ao seu médio a opção 1.6 quando o Golf foi nacionalizado, no ano passado. O motor de até 120 cv é o mesmo do Fox – que é 127 kg mais leve e custa R$ 56.990, distante dos R$ 74.590 cobrados pelo Golf 1.6.

Com desempenho modesto e preço alto, Golf 1.6 só vende mais que o GTI

Ou seja: além de ser mais lento que o “irmão menor”, o Golf é consideravelmente mais caro, ainda que tenha alguns equipamentos extras. Essa combinação resultou em uma baixa participação nas vendas: segundo dados cedidos pela consultoria Jato Dynamics com exclusividade à CARRO ONLINE, a versão 1.6 representou somente 19,1% das vendas em 2016.

Motor 1.6 de até 120 cv é moderno, mas não lida bem com o peso do Golf
Isso considerando que, junto à nacionalização, a Volkswagen deixou de oferecer o pacote Comfortline com motor 1.4 turbo, restando aos consumidores que buscam mais desempenho a cara versão Highline (de R$ 93.790). A distância de quase R$ 20.000 e a perda do câmbio robotizado de dupla embreagem e da suspensão traseira independente (substituídos por um câmbio convencional e eixo de torção no modelo nacional), porém, não impediram que o Golf 1.4 correspondesse a mais de 72% nas vendas.

Com a chegada do motor 1.0, que terá até 130 cv segundo o jornalista Marlos Ney Vidal, o Golf 1.6 pode perder a razão de ser. Se não houver um reposicionamento de preços, o modelo corre risco de sair de linha menos de um ano após chegar ao mercado.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This