A Toyota irá produzir veículo híbrido equipado com motor de combustão interna flexfuel, o qual aceita etanol, gasolina ou a mistura dos dois em qualquer proporção, além da eletricidade. Estão envolvidas no projeto as equipes de engenharia da Toyota Brasil e Japão, que devem apresentar o veículo no fim de 2019.

Desde março deste ano, a marca japonesa realizou diversos testes de rodagem no Brasil com um protótipo construído na plataforma de um Toyota Prius, atualmente o único representante híbrido da empresa vendido no Brasil. A ideia foi colocar à prova a durabilidade do carro em diversos tipos de estradas para avaliar o conjunto motor-transmissão quando abastecido com etanol.

Durante esses meses, uma série de dados relacionados à performance e comportamento do carro foram coletados para aperfeiçoar o projeto e dar aos engenheiros um balanço do conjunto como um todo.

A iniciativa da empresa tem respaldo do Programa Rota 2030 “Este é um trabalho que envolveu diversos agentes, como governo, entidades, fornecedores, concessionários e, claro, nossos colaboradores, que trabalham incessantemente sob a filosofia da melhoria contínua. Além disso, destaca o Brasil no cenário mundial das alternativas para a eletro mobilidade, como produtor de um dos automóveis mais limpos do mundo, em consonância com o Programa Rota 2030”, afirma o presidente da Toyota do Brasil, Rafael Chang.

Pin It on Pinterest

Share This