Depois do problema com o Tesla Model X que supostamente acionava o pedal do aceleador por conta própria, mais um modelo da marca elétrica americana se envolve em polêmica. A proprietária de um Model S alega que o carro teria apresentado o mesmo defeito, uma vez que o veículo, de acordo com ela, acelerou inadvertidamente ao realizar uma manobra de estacionamento, provocando a colisão do veículo numa fachada de uma loja. 

O acidente aconteceu em Lighthouse Point, na Flórida (EUA) e, segundo a Tesla, depois de analisar os registros da central eletrônica do carro, que comanda o acelerador, ficou comprovado que o pedal foi acionado pela motorista durante a manobra, causando o acidente. Independentemente do culpado, o acidente causou sérios danos a fachada da loja e ao próprio carro que ficou bastante danificado.

Tesla alega que o motorista acelerou o carro

A justificativa da Tesla deixou o marido da vítima revoltado e ele divulgou a seguinte nota: “Estou impressionado e muito decepcionado pela forma como a Tesla tem lidado com o acidente e a falta de vontade de falar comigo. Eles querem apenas provar que a culpa foi da motorista, com base no que a ECU disse”.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This