A Fiat não está mais importando o compacto Fiat 500 e o SUV Freemont do México. Pelo menos é o que noticiou o site Autos Segredos nesta sexta-feira (28). A publicação diz que os dois modelos deixaram de ser trazidos em 2015 e sobrevivem no mercado atualmente pelas unidades restantes em estoque. 

Fiat nega que os carros sairão do mercado

De acordo com o site, o baixo volume de vendas do Freemont e a alta cotação do dólar foram as razões que a Fiat encontrou para interromper a importação dos dois carros. 

A Fiat, no entanto, não confirmou a informação quando questionada por CARRO ONLINE. A fabricante explicou que não trabalha com lotes mensais de importação dos modelos oriundos do México, flexibilizando a oferta conforme a demanda do mercado. Como as vendas estão em baixa de maneira geral na indústria, os dois modelos citados pelo Autos Segredos sofrem ainda mais, devido ao preço elevado e baixo volume de emplacamentos. 

Alta do dólar pode ter sido um dos motivos para interromper importação

A marca garante que permanece oferecendo o SUV e o compacto aos consumidores com unidades em estoque. Não há, oficialmente, a decisão de abortar a importação dos dois em definitivo, como apontou o site (no caso do Freemont).  

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This