Você leu há dois meses aqui na CARRO que a Nissan está vendendo uma inédita versão turbo do Sentra nos Estados Unidos. Não satisfeita com a novidade na gama do sedã, a fabricante japonesa tratou de mostrar outra novidade: uma inédita versão Nismo do carro. O braço de preparação da companhia, conhecido pelo seu trabalho com o Godzilla (o GT-R Nismo) resolveu dar um apimentada no modelo familiar, mas não espere um motor monstruoso.

Nissan Sentra Nismo é mostrado em Los Angeles

O motor do Sentra Nismo é o mesmo 1.6 turbo que equipa o SR. Trata-se de um bloco de alumínio, de quatro cilindros em linha com quatro válvulas cada um, disposto de duplo comando (variável) do cabeçote e taxa de compressão de 10,5:1. Dele são extraídos 190 cv de potência e 24,5 kgfm de torque, a partir das 1.600 rpm (estendendo-se até às 5.200 rotações).

Motor 1.6 turbo gera 190 cv de potência

As opções de câmbio podem ser manual de seis marchas ou continuamente variável Xtronic.

Mas o trabalho mais pesado da Nismo no Sentra foi em relação à sua dirigibilidade e a preocupação de torná-lo mais rápido ao contornar curvas e eficiente na hora de transmitir sua força às rodas no chão.

Interior possui acabamento com detalhes imitando fibra de carbono

Para atingir estes objetivos, a Nismo focou no aprimoramento do chamado “downforce” (ou aumentar a força vertical sobre as rodas, para obter mais aderência) do carro, por meio da redução de 10 mm na altura do carro, além da instalação de um aerofólio, spoiler dianteiro e revisão dos parachoques. Com isso, o Sentra Nismo é 30% mais eficiente em aderência, ainda que o coeficiente de arrasto tenha permancido o mesmo (0.29 Cd).

Câmbio manual é opção para o Sentra Nismo

Além disso, toda a estrutura do chassi do carro foi reforçada para entregar mais rigidez torcional em curvas, o que, na prática, entrega uma plataforma nova para o Sentra Nismo, beneficiando-o de um conjunto de suspensões especialmente feito para ele. Por exemplo, só o Sentra Nismo tem amortecedores monotubo, que possuem melhor eificência para estabilizar o carro em condições mais extremas. Além disso, o conjunto de molas também é reforçado.

Bancos esportivos exibem inscrição Nismo

Visualmente, o Sentra Nismo também recebeu a atenção do braço esportivo da companhia japonesa. Além dos já citados acessórios funcionais, o modelo traz rodas exclusivas e faróis de LED. No geral, a abordagem da personalização do carro segue uma linha mais “sleeper”, ou seja, não parece ser tão visceral quanto as mudanças mecânicas podem proporcionar ao sedã (ao menos no papel…).

Personalização é mais sutil do que o esperado na versão Nismo

O Sentra Nismo foi mostrado no Salão de Los Angeles e será vendido em 2017 nos EUA, importado da planta de Aguascalientes, no México (o motor vem de Yokohama, no Japão). 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This