Renault Logan renovado foi um dos destaques da mostra argentina

Em períodos de câmbio paralelo, inflação alta, custo de vida elevado e a população argentina não muito satisfeita, o Salão de Buenos Aires inaugura sua sexta edição com um clima de otimismo.

Alguns dos principais executivos de marcas que operam no país celebram um ano que deverá marcar recordes de produção e venda. A expectativa é que 2013 termine com 860.000 unidades vendidas no mercado.

Ao todo 27 marcas, incluindo de caminhões como Scania e Iveco, montaram estandes no evento argentino, que ocorre no espaço La Rural, em Buenos Aires, entre os dias 20 e 30 deste mês.

Dentre as novidades apresentadas no Salão de Buenos Aires que interessam para nós podemos começar com a apresentação da nova geração do Logan, revelado em 2012 no Salão de Paris, porém agora com a “cara” da Renault. O modelo, segundo fontes da Renault, deverá começar a ser vendido no Brasil por volta do início de 2014, sendo que o também renovado Sandero deverá chegar depois, mas ainda no mesmo ano.

A Renault também expõe no La Rural a  geração mais recente do Mégane RS vendido na Europa, que está em estudos para ser vendido no Brasil como um carro “de nicho”. Ele não está na mostra, contudo também apuramos no Salão de Buenos Aires que a Renault estuda importar o recém-lançado crossover Captur para o Brasil, conforme já antecipamos, que deverá ser posicionado como uma opção mais refinada – e cara – ao Duster. Contudo, ele não deverá colocar suas rodas aqui antes de 2014. Outra notícia importante para nós é que todos os Fluence vendidos no Brasil passarão a contar com o mesmo painel digital da opção esportiva GT a partir do próximo ano.

A Ford, que vem de um grande investimento de US$ 500 milhões em suas fábricas na Argentina, revelou aos argentinos o facelift do New Fiesta já vendido no Brasil, além da nova geração do Focus em suas versões hatch e sedã. O modelo, que contará com equipamentos interessantes como assistente de manobras, sistema multimídia Sync e câmbio de dupla embreagem, deverá ser lançado em agosto no Brasil. A fabricante não confirma a data, nem a carroceria, contudo é possível que o três volumes chegue antes do hatch. A motorização, infelizmente, ainda é mantida como segredo. Nem mesmo os carros exibidos contavam com a informação, assim como nenhum funcionário estava autorizado a revelar.

Outro carro interessante presente no espaço da marca norte-americana é o crossover Kuga. Ele é um potencial concorrente para modelos como Honda CR-V, Hyundai ix35, dentre outros, e deverá chegar em breve ao Brasil também, uma vez que esse é um segmento bem concorrido por aqui.

Já na Chevrolet, para nossa inveja, a filial argentina da montadora exibiu as nova geração do Corvette, assim como o facelift do Camaro. Além deles, o Tracker fez a estreia em solo sul-americano.

O presidente da GM América do Sul, Jaime Ardila, ainda desconversa sobre a chegada do Tracker ao mercado brasileiro alegando as restrições em termos de volume de importação do México devido ao sistema de cotas, porém, segundo apuramos, o modelo deverá chegar ainda neste ano para concorrer com Ford EcoSport e companhia. Já o facelift do Camaro ficará, para os brasileiros, somente para o início de 2014.

Entre as francesas foi a vez da Citroën confirmar o lançamento do C4 Lounge, sedã que substitui o C4 Pallas, para setembro deste ano. Já com relação ao DS3 Cabrio, a fabricante garante apenas que “está analisando” a possibilidade de importação ao Brasil, uma vez que o baixo número de vendas que a versão pode alcançar não justifique o investimento.

A Peugeot, por sua vez, segue firme em sua estratégia de aumentar a participação de vendas fora da Europa em 50% do total mundial. Para tanto, ela acaba de lançar o 208 no mercado argentino, que também já recebe a versão esportiva GTI do hatch, a qual chegará no Brasil somente em 2014. O compacto tem apelo fortemente esportivo e conta com o motor 1.6 THP de 200 cv sob o capô e câmbio manual de 6 marchas. O facelift do cupê RCZ, entretanto, já chegará entre os meses de julho e agosto deste ano ao Brasil.

Continuando entre as marcas europeias, a VW levou ao Salão o Golf VII, que estreará no Brasil em 2014, e o compacto Up, que deverá começar a ser produzido em nosso país neste ano. Já a Mercedes informou o calendário de lançamentos da nova Classe E no Brasil. As opções sedã, cupê e AMG chegarão, respectivamente, em julho, agosto e setembro. 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This