Porsche 911 Carrera T foi pensado para puristas fãs da marca

Boa notícia para os fãs brasileiros de Porsche mais abonados. A marca vai trazer ao Brasil no primeiro semestre de 2018 o 911 Carrera T, projetado para os puristas que anseiam pela sensação peculiar de dirigir o clássico esportivo alemão. Serão duas versões: uma com câmbio manual de seis velocidades (por R$ 519.000) e a outra com transmissão PDK de dupla embreagem (R$ 541.000).

Câmbio manual de seis marchas tem alavanca de mudanças encurtada com diagrama em vermelho

Com o 911 Carrera T (“T” quer dizer “Touring”), a Porsche afirma a intenção de evocar o prazer de dirigir do modelo 911 T de 1968: menos peso, relações de transmissão mais curtas na caixa de câmbio manual e tração traseira com bloqueio mecânico do diferencial para melhor desempenho e intenso prazer ao dirigir. O motor, claro, é boxer 3.0 biturbo de seis cilindros, capaz de gerar de 370 cv e torque máximo de 450 Nm, disponível entre 1.750 e 5.000 rpm.

Versão teve peso reduzido para aumentar o desempenho

Para reduzir o peso e melhorar o desempenho, a janela traseira e as janelas laterais são feitas de vidro leve e o acabamento das portas inclui alças de abertura, a absorção de som foi grandemente reduzida, o pacote Sport Chrono foi otimizado para o peso, os bancos traseiros são opcionais e também há a opção de dispensar o Porsche Communication Management (PCM – gerenciamento de comunicações). Essa versão ainda tem chassi esportivo PASM de série, rebaixado em 20 mm.

O resultado é um carro de 1,425 quilos, 20 quilos mais leve do que um 911 Carrera com o mesmo nível de equipamentos, e resultando numa relação peso-potência de 3,85 kg/cv. Nessa configuração, a versão manual acelera de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos, enquanto a PDK é ainda mais rápida, atingindo 100 km/h em 4,2 segundos.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This