A Renault vai apresentar a segunda geração do Duster durante o Salão de Frankfurt, na Alemanha, em setembro. Ao menos é o que a afirma a reportagem do site francês Largus. Carlos Ghosn, CEO da Aliança Renault-Nissan, já havia confirmado que o novo Duster surgiria ainda este ano, mas até agora não havia uma data para o lançamento.

Novo Renault Duster pode fazer sua estreia em setembro

A publicação francesa diz ainda que a nova geração do SUV não será feita sobre a plataforma modular CMF, mais moderna, que dá origem ao Clio e Captur europeus. Ao que tudo indica, o Duster continuará sendo fabricado a partir da arquitetura B0 (que também é usada no Captur nacional), mas ela receberá atualizações. Já a versão inédita de sete lugares do Duster que pode estrear na nova geração do utilitário poderá ter uma plataforma diferente, mas o site não especificou se seria a CMF.

O Duster 2018 terá um gama de motores 0.9, 1.2, 1.5 e 1.6, com alimentação a gasolina e diesel. Para o Brasil, a Renault certamente manterá os motores 1.6 SCe de 120 cv e 2.0 de 143 da linha atual, talvez só com uma alteração nos câmbios, já que mesmo antes de mudar a companhia pode equipar o Duster 1.6 com uma caixa automática CVT (a caixa automática de quatro velocidades que acompanha o motor 2.0 também merecia a aposentadoria…).

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This