A Citroën acaba de mostrar a nova geração C3 no Salão de Paris, aberto à imprensa nesta quinta-feira (29) — mas não se anime, pois no Brasil a marca pretende continuar vendendo a segunda geração do hatch, sem previsão para lançar o novo no mercado nacional. O visual do compacto agora é inspirado no exótico C4 Cactus.

No visual, o maior impacto é o do conjunto óptico, bastante estreito e que lembra o do atual C4 Picasso. As luzes de condução diurna e os faróis de neblina foram reposicionados no parachoque — que, como outras partes externas, é pintado de preto.

Na dianteira, destaque para os faróis afilados

Na lateral, destaque para os apliques sintéticos (chamados de airbumps), capazes de absorver pequenos impactos nas portas, e para a moldura também preta das caixas de rodas. No geral, o C3 deixou de ser um carro arredondado e agora tem linhas mais próximas às de uma minivan. 

A cabine do novo C3 traz um painel totalmente novo, tanto no conteúdo como na forma. O sistema multimídia também é inédito.

Sob o capô, a terceira geração do C3 oferecerá as seguintes opções: motores tricilindricos PureTech de 68 cv, 82 cv e 110 cv, todos a gasolina, e os BlueHDi de 75 cv e 100 cv, movidos a diesel. O câmbio poderá ser manual ou automático de seis velocidades.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This