O roadster SLC pode estar com os dias contados. Segundo uma reportagem publicada pela Automobile Magazine, a Mercedes-Benz vai aposentar o conversível para reorganizar seu portfólio e, consequentemente, priorizar outros modelos, já que as vendas do SLC parecem não estar justificando sua existência.

A fonte diz que o SLC (conhecido como SLK antes de seu facelift em 2015) “desapareceu de uma vez do novo ciclo de planos” da companhia de Stuttgart. A informação desmente, portanto, os rumores de que o roadster se beneficiaria da nova plataforma modular MSA da Mercedes-Benz. Resta saber se o timing desta decisão se provará correto, tendo em mente que a BMW logo mais voltará com força a este nicho, com a nova geração do Z4 (possivelmente batizada de Z5). 

Mercedes-Benz deve parar de produzir o SLC

Entre os modelos com teto retrátil da Mercedes, o Classe C conversível deve assumir a função do SLC, enquanto o próximo SL deverá ser produzido sobre a plataforma MSA. A imprensa especula que o SL terá uma configuração 2+2 mais bem resolvida, com uma carroceria maior e mais luxuosa. O movimento pode por em risco a vinda do Classe S conversível, já que o SL teria proposta e preço muito competitivos com o Classe S sem teto.

Se você quiser matar a saudade do SLC 300, lembre-se de quando colocamos ele lado a lado do Audi TT Roadster em um passeio pelo litoral paulista: 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This