A McLaren confirmou quando vai custar o seu próximo hiperesportivo, cujo codinome é BP23 (mas que está sendo tratado como Hyper-GT). A companhia vai vendê-lo por “modestos” US$ 2,5 milhões (ou quase R$ 8 milhões). Se você achou um pouco caro, pasme: 106 unidades já foram reservadas, antes mesmo do carro existir de fato.

Esboço do Hyper-GT

De acordo com Mike Flewitt, diretor executivo da McLaren, o Hyper-GT será uma espécie de homenagem ao lendário F1. A configuração de três lugares é uma das semelhanças que novo hiperesportivo terá com a sua inspiração dos anos 1990.

Ainda segundo Flewiit, o Hyper-GT terá como rivais modelos como o Bugatti Chiron e Koenigsegg Regera, pois, assim como tais, será mais focado em luxo mesclado com desempenho arrasador em velocidade máxima, mas nem tanto para pistas. Esta será, inclusive, uma das principais diferenças entre o Hyper-GT e o P1. 

O novo hiperesportivo será o carro mais potente e mais rápido já feito pela McLaren, portanto podemos esperar cerca de 1.000 cv sob o capô. As entregas do modelo começam em 2019. 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This