A Kia anunciou o lançamento de quatro modelos no mercado brasileiro em 2018: novas gerações dos modelos Picanto, Rio e Optima, além de um SUV de pequeno porte (sem nome revelado). O anúncio foi feito por meio de comunicado em comemoração aos 25 anos de atuação da marca no Brasil.

A renovação do portfólio da marca para o próximo ano tem um motivo: o fim do programa Inovar-Auto e da cobrança do imposto de 30% sobre os importados que excedem a cota estipulada pelo governo, o que torna a linha de produtos atual menos competitiva em relação aos concorrentes.

Nova geração do Kia Picanto

A mudança na taxação é aguardada com euforia pelo presidente da Kia Motors do Brasil, José Luiz Gandini.  “Sem os 30 pontos percentuais, não tenho dúvidas de que a Kia volta a ter força o suficiente para recuperar a rede de concessionárias, duramente castigada nos últimos cinco anos. Os mercados fechados só prejudicam os consumidores”, afirma.

Kia Rio

Limitada pela cota anual de 4.800 unidades/ano sem o recolhimento dos 30 pontos percentuais, a Kia projeta fechar 2017 com 10 mil unidades vendidas no País. Para 2018, entretanto, a expectativa é de dobrar o volume, passando para 20 mil modelos emplacados.

Optima GDI

SUV compacto

O anúncio da Kia destaca o lançamento de quatro novos modelos. Mas o que mais chama a atenção é o SUV de pequeno porte, único sem identidade revelada de forma oficial. No portfólio atual da fabricante em outros mercados, são duas as possibilidades de SUVs que podem ser vendidos no Brasil: o KX3, derivado do Hyundai Creta, e o recém-apresentado Stonic, baseado no hatch Rio.

Kia Stonic

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This