A General Motors está pensando em vender suas marcas europeias para o grupo francês PSA Peugeot-Citroën. As negociações entre as duas companhias foram confirmadas nesta terça-feira (14) por ambas as partes, mas ninguém confirmou que o acordo de venda será concretizado. GM e PSA são parceiros há algum tempo. Desde 2012, os dois conglomerados trabalharam em conjunto em pelo menos três projetos e desde então sempre quiseram expandir a contribuição mútua. As informações são do site Autoblog.

GM quer vender suas marcas europeias para o Grupo PSA

A General Motors opera na Europa quase que exclusivamente por meio da Opel e da Vauxhall na Europa. O conglomerado americano detém as duas marcas desde a década de 1920. Com a venda dos seus braços europeus, a GM estaria confirmando sua estratégia de não perseguir volume de vendas globais, abstendo-se da disputa pelo topo das maiores fabricantes do mundo neste quesito contra o Grupo Volkswagen e a Toyota. 

Para a PSA, a aquisição de marcas tradicionais e bem sucedidas no velho continente significaria um avanço bastante notável para a empresa que já esteve em maus lençóis financeiros nos últimos anos e atualmente luta para reverter este cenário (inclusive com anúncio de mais de 30 lançamentos para os próximos anos). O grupo francês aumentaria muito sua participação de mercado e capacidade de engenheria. 

Companhia americana detém a Vauxhall e a Opel desde a década de 1920

Apesar da intenção da GM, abrir mão da Opel e Vauxhall, que empregam milhares de pessoas na Europa, não será tarefa fácil. Para agravar a situação, ainda há uma série de impasses legais que podem atrapalhar a venda. De qualquer maneira, vamos ficar atentos aos próximos capítulos desta novela. 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This