Você sabia que os pneus são o único ponto de contato entre o veículo e o solo? Por isso, antes de pegar a estrada, é importante se certificar de que eles estão em bom estado. Confira algumas dicas da Michelin para aproveitar suas férias com mais segurança e sem stress:

Verifique toda a banda de rodagem, especialmente sua parte interna. Por um problema de alinhamento ou de suspensão, os pneus podem ter se desgastado mais internamente.

Verifique o estado geral dos pneus. Veja se há deformações, cortes, arranhões profundos, cabos expostos ou se a borracha está trincada ou com rachaduras em alguma parte. Se o pneu apresentar uma destas anomalias, procure um especialista nas revendas autorizadas de pneus para um exame mais detalhado.

Lembre-se: entre o veículo e o asfalto só há os pneus

Quanto mais antigo um pneu, menor será a aderência do mesmo e maior será a probabilidade de apresentar rachaduras e rompimentos de pedaços de borracha. Por isto, mesmo que o pneu esteja aparentemente perfeito, a Michelin recomenda que não se utilize um pneu que tenha sido fabricado há mais de dez anos.

É importante verificar também o pneu estepe. Mesmo sem uso, ele sofre processo de envelhecimento.

Cheque a pressão dos pneus. Eles precisam estar com a pressão correta para funcionar bem. As consequências de rodar com um pneu com pressões baixas são graves e podem até provocar acidentes de sérias proporções. A pressão ideal é a que está no Manual do Proprietário do Veículo ou na etiqueta na lateral da porta do motorista ou na tampa do combustível.

Faça o alinhamento do veículo. A suspensão do veículo é formada por vários componentes que são montados em ângulos e posições específicas. Com o uso natural do veículo, estes ângulos sofrem algumas alterações, podendo fazer com que o veículo tenda a ir para um determinado lado em linha reta e os pneus “cantem” em curvas mesmo a baixa velocidade. O alinhamento da suspensão corrige estes problemas, além de verificar o estado geral da suspensão e da direção do veículo. 

Faça o balanceamento dos pneus. Ele é importante para equilibrar o conjunto de pneu e rodas do veículo e permite que a roda gire sem provocar vibrações no veículo em determinadas velocidades. Quando há desbalanceamento, a direção e condução se torna m instáveis e ocorre um desgaste irregular nos pneus. 

Escolha bem os seus pneus. Se tiver que substituí-los devido a alguma das situações anteriores descritas neste texto, procure saber as diferenças entre as diversas opções no mercado. Busque comparativos e testes realizados, comentários de sites especializados e a opinião de outros usuários sobre cada marca. Há muita diferença entre os pneus, principalmente quanto à segurança, durabilidade, resistência, conforto e até mesmo na economia de combustível.

Boa viagem!

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This