O rodízio dos pneus é uma prática conhecida para prolongar a vida útil dos componentes e pode ajudar na economia de combustível, mas existem outros benefícios para quem realiza o rodízio. Confira abaixo oito pontos positivios divulgados pela ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos):

1-) O rodízio é realizado para compensar a diferença de desgaste dos pneus e ajuda a compensar em parte os desgastes irregulares que ocorreram por desalinhamentos das rodas ou impactos aumentando a durabilidade e eficiência.

A Anip divulgou as dicas sobre o rodízio de pneus

2-) Melhora a estabilidade do carro, principalmente em curvas e frenagens.

3-) A indicação é que o rodízio seja feito em todos os pneus, seguindo as indicações do fabricante do veículo. Caso você não tenha essas informações, o ideal é fazer a troca a cada 10 mil quilômetros para pneus radiais.

4-) Para veículos 4×4 o ideal é fazer o rodízio em “X” dos quatros pneus (caso não sejam unidirecionais).

5-) No caso dos pneus assimétricos, eles devem ser movimentados de modo que o rodízio deixe sempre o lado externo do pneu montado na parte externa, ou seja, o pneu não pode ser invertido no aro. Para os pneus unidirecionais, o ideal é movimentar os pneus no mesmo lado do veículo, já que o sentido do giro não pode ser invertido.

6-) Para veículos com medidas diferentes nos dois eixos, o rodízio é feito trocando-se os pneus do meu eixo entre si, ou seja, do lado esquerdo para o lado direito e vice-versa

7-) Caso as rodas estejam mal alinhadas, prejudicadas por regulagem incorrenta dos ângulos de convergência, cáster e câmber, um pouco tempo os pneus estarão com um lado da banda de rodagem mais desgastado do que o outro. O alinhamento e o rodízio podem compensar estes desgastes irregulares caso não tenham progredido demais.

😎 Caso você rode muito tempo com a calibragem errada dos pneus, o desgaste também será irregular, com pouca pressão, ele consumirá rapidamente a borda dos pneus, enquanto se a pressão for demais o meio da banda de rodagem desgastará primeiro. Por isso que o ideal é verificar frequentemente a calibragem dos pneus, pelo menos uma vez por semana, já que apenas o rodízio não compensará os desgastes excessivos causadas pela pressão incorreta dos pneus.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This