Em tomada comum, de 110 v, o veículo leva até 16 h para recarregar
Em 2014, durante o Salão de Detroit, a BMW deixou no ar que a possibilidade de que mais carros do seu portfólio ganhassem versões elétricas era real. Na ocasião, um dos executivos da marca insinuou que, num futuro próximo, carros maiores e com mais autonomia que o i3, e menos extravagantes que o i8, poderiam ganhar as ruas.

Após o registro do nome i5, soube-se, então, que a marca realmente estava a trabalhar em algo.

As partes espelhadas (em preto) conferem exclusividade ao modelo
De acordo com o site TopSpeed, Harald Krueger, CEO da BMW, afirmou que há espaço no portfólio da marca para mais veículos da gama i (que designa os elétricos). O executivo, porém, não forneceu maiores detalhes sobre o projeto. Rumores sobre a futura existência de um modelo i5 da BMW estão diariamente na internet.

Veja nosso teste com o BMW i3
 
O crescente interesse da marca pelos elétricos gerou, inclusive, especulações sobre uma possível aquisição da Tesla, fabricante de veículos elétricos.  

No painel tudo é digital. GPS conta com acesso à internet 
PARCERIA APPLE E BMW   
No início deste mês, a agência Reuters noticiou um possível interesse da Apple no setor automotivo. Um “namoro” entre empresas foi cogitado em 2014, quando Tim Cook, CEO da Apple, visitou a fábrica da BMW em Leipzig, na Alemanha. Na época a reunião terminou sem avanço, pois, ao que parece, a empresa de tecnologia quer ter o seu próprio veículo. Além disso, a BMW estava receosa em fornecer seu know-how, o que, num futuro próximo, de acordo com ela, poderia transformá-la numa mera fornecedora de software.
      
Segundo a fabricante automotiva, provavelmente jamais veremos um BMW concebido pela Apple, ou um carro elétrico Apple com peças BMW. Mas a parceria tem um grande potencial no futuro.

Pin It on Pinterest

Share This