Audi planeja cortar custos em até US$ 2,5 bilhões por ano

A Audi está planejando frear seus gastos em até US$ 2,5 bilhões por ano para equilibrar as finanças, tendo em vista o crescimento de investimento em novas tecnologias. As informações são do Automotive News

Segundo a reportagem, a marca limitará suas despesas em áreas como desenvolvimento, aquisições e produção, a fim de preservar sua margem de lucro, conforme revelou de forma anônima fontes ligadas à empresa. De acordo com o site, em julho, o CEO da Audi, Rupert Stadler, enviou uma carta aos funcionários da companhia descrevendo o que ele chamou de “programa fitness”, pelo qual pedia para que todos dessem suporte à marca nesta fase de maiores custos com o desenvolvimento de sistemas de comunicação, novas fábricas e veículos elétricos e autônomos.

A segunda maior fabricante de carros premium do mundo está trazendo neste ano 17 modelos novos ou reestilizados e já mira tomar o lugar de topo da BMW, investindo em projetos como uma versão elétrica do esportivo R8. Para os próximos cinco anos, a Audi tem à sua disposição um orçamento de US$ 28 bilhões, dos quais 70% estão destinados à novos produtos e tecnologia. Do restante, sua maioria recai na expansão de produção da empresa, incluindo as novas plantas em São José dos Pinhais (PR) e no México. 

Pin It on Pinterest

Share This