Comum na Europa, os carros de passeio movidos a diesel são proibidos no Brasil desde 1976. Na época, o País importava 80% do combustível que consumia. Como o caixa estava baixo, o governo impôs restrições. A exceção foi dada aos veículos comerciais e com tração 4×4, ou integral. Por isso a oferta de modelos a diesel está concentrada  nas picapes médias e utilitários esportivos na maioria importados.

O utilitário esportivo Audi Premium Q7 é o pioneiro da marca. O propulsor V6 3.0 TDI é sobrealimentado por um turbo da Honeywell e tem injeção de combustível do tipo common rail. Com 2.967 cm³, entrega potência de 258 cv, disponíveis a partir de 3.250 rpm até 4.250 rpm.

Como todo motor movido a diesel, tem torque alto: 61,17 kgfm entre 1.250 e 2.750 rpm. Acoplado ao motor está o câmbio Tiptronic de 8 marchas. Segundo divulgado pela Audi, a base do propulsor existe na Europa desde 2015, porém, o V6 TDI que equipa o SUV no Brasil sofreu alterações para atender as leis de emissões vigentes no País.

Está adaptado para o combustível de especificação S10 e o filtro de particulados não exige manutenção. Não foram feitas alterações na calibração das suspensões (independentes, do tipo multibraço, na dianteira e traseira) para incluir o motor diesel ao Q7.

Outro equipamento pouco comum para favorecer a dirigibilidade, que a Audi oferece opcionalmente (R$32.000 com Night Vision e Farol Full LED), é o sistema de esterçamento das rodas traseiras. Ele é acionado nas manobras de estacionamento e em baixas velocidades, as rodas traseiras esterçam ao contrário das dianteiras, depois passam a esterçar junto, dando agilidade incomum ao veículo.

Interior requintado

O Q7 Ambition 3.0 TDI Tiptronic quattro tem preço sugerido de R$ 424.990. Traz todos os equipamentos do movido a gasolina, inclusive o multimídia com comando de voz em português e integração com Android Auto/Apple Carplay. Com excelente isolamento acústico e o bom trabalho feito pela engenharia de motores da Audi, quem dirigir o Q7 a gasolina e depois o diesel, sem ser avisado da troca de carro, não vai sentir ou ‘ouvir’ a diferença.

Desempenho

Na pista de testes da Carro, o Q7 TDI mostrou vigor na aceleração, 0 a 100 em 7s. Para efeito de comparação, o irmão a gasolina (de 333 cv e 44,87 kgfm de torque) chega aos 100 km/h em 6s33. O consumo na cidade é de 9,8 km/l, enquanto que na rodovia chega a 13,9 km/l. A média cidade/ rodovia) é de 11,6 km/l. O TFSI tem números próximos: 7,1 km/l na cidade, 10,8 km/l na rodovia, com média de 8,7 km/l.

 

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This