Criminosos se passam por funcionários de concessionárias para furtar os esportivos da marca italiana

 

Representante da Ferrari na África do Sul, a Scuderia South Africa publicou em sua conta no Facebook um alerta para os clientes da marca: golpistas estão usando falsos avisos de recall para furtar os esportivos.

Se passando por funcionários de concessionárias da Ferrari, os criminosos entram em contato com o proprietário para informar sobre uma suposta campanha de recall. Assim que o dono dá a luz verde, os golpistas enviam um guincho plataforma para retirar o veículo… e sumir com ele.

“A Ferrari nunca liga diretamente para os proprietários pedindo autorização para a retirada do veículo. Se desconfiar de algo, entre em contato com a concessionária para esclarecer a questão”, destaca a empresa na nota.

De acordo com uma reportagem da publicação local Car Mag, o esquema acabou descoberto após um acidente envolvendo uma Ferrari 812 Superfast na fronteira com Moçambique.

Esta não seria a primeira vez que acontece este tipo de golpe no país africano. Ainda segundo o site, a mesma estratégia de furto foi aplicada em outubro do ano passado com clientes da Toyota.

 

ALERT: PLEASE BE AWARE THAT A SCAM IS CURRENTLY DOING THE ROUNDS 🚨 We have been informed that there are fraudsters…

Posted by Scuderia South Africa on Monday, February 3, 2020

Share This