- Publicidade -

Focada em superar a concorrência, futura picape da Chevrolet terá motor turbo e central eletrônica com até três vezes mais variáveis de calibração, afirma a fabricante

A nova Chevrolet Montana está em fase de desenvolvimento no campo de provas da General Motors, em Indaiatuba/SP e sua chegada ao mercado está prevista para 2023. A GM revelou mais um “teaser” da picape, que será baseada na plataforma das atuais gerações de Onix, Onix Plus e Tracker e terá dimensões maiores que a picape compacta descontinuada em 2021.

De acordo com as projeções da GM, a Nova Montana vai ter uma relação entre aceleração e consumo superior à média do segmento – vazia ou carregada. As informações reveladas também dão conta de que a picape terá motor turbo (sem especificar se é o 1.0 ou 1.2 ou uma versão diferente destes). No câmbio, a picape terá versões automática e manual.

Um dos trabalhos do time de engenharia é garantir a melhor integração entre os sistemas mecânicos e eletrônicos do veículo. Para Silvio Mariano, engenheiro de desenvolvimento veicular da GM, “muitos têm curiosidade em saber o que mais impacta na performance e na dinâmica de uma picape: torque, peso ou aerodinâmica? O segredo está na harmonização das tecnologias, e o resultado final é o que importa para o consumidor”. 

- Publicidade -

No caso da Nova Montana, uma central eletrônica avançada permite até três vezes mais variáveis de calibração que picapes de geração anterior.

A futura picape da Chevrolet ainda terá um sistema de conectividade capaz de receber atualizações remotas de software inerentes à arquitetura eletrônica da picape e de aplicativos nativos à central multimídia.

Share This