Começou em 1º de abril o calendário anual obrigatório de licenciamento para todos os veículos registrados no Estado de São Paulo, exceto caminhões. O cronograma leva em conta o número final da placa e tem início com os veículos que portam o final 1.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP), para realizar o procedimento de licenciamento, só é necessário informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências ou no internet banking. O valor da taxa é de R$ 90,20 e pode ser retirado em uma unidade do Detran/SP ou posto do Poupatempo. Caso seja mais conveniente para o motorista, por mais R$ 11 o documento é enviado para a casa do mesmo. Antes de pagar a taxa é preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas, por exemplo.

O Detran/SP aconselha a não deixar para a última hora o pagamento da taxa, pois é necessário também a emissão do documento. Para ajudar os motoristas a não esquecer, a entidade disponibiliza gratuitamente um alerta 30 dias antes do vencimento via SMS ou alerta no celular. Os interessados devem cadastrar seu telefone no portal detran.sp.gov.br e autorizar o recebimento.

Caso o licenciamento não seja realizado o carro é removido para o pátio e o proprietário recebe multa de R$ 293,47 e sete pontos na habilitação, além de ter o nome inscrito no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados (Cadin) e a dívida ativa do Estado pelo débito em aberto. Pagar o licenciamento em atraso também gera a cobrança de multa e juros.

Pin It on Pinterest

Share This