Texto: Raíssa Jorgenfelth

Já pensou detectar os problemas do seu carro em apenas um clique? É exatamente isso que a Engie promete com seu aplicativo. O conceito é bastante simples: você compra o dispositivo e o instala na entrada OBD do seu carro, que geralmente fica abaixo do volante, próximo à caixa de fusíveis. Para decodificar as informações, é preciso baixar o aplicativo gratuitamente na PlayStore ou na AppleStore, configurá-lo e então ele praticamente fará tudo sozinho.

O dispositivo está disponível no site da Engie por R$ 69 para smartphones com sistema operacional Android e iOS por R$ 99. Com o aplicativo instalado, nós começamos o processo de “diagnose”. O carro que utilizamos é novo e não apresentava nenhum defeito, por isso simulamos uma falha no sensor de temperatura desconectando-o do líquido de arrefecimento do motor.

Logo na primeira tela já aparece a opção escanear. Como prometido, a falha foi detectada, mas o Engie vai mais longe e especifica onde está a avaria: Sensor de temperatura do refrigerador do motor. Ele também te dá a opção de localizar quem resolva o seu problema mostrando oficinas mecânicas próximas a sua localização.

Em seguida, recebemos um e-mail com a notificação da falha, onde o motorista também pode sanar suas dúvidas a respeito do defeito e recebe um código para mostrar para o mecânico, que é o mesmo que aparece em aparelhos de diagnósticos profissionais.

Para ter certeza de que o carro não apresentaria nenhuma outra falha que o dispositivo não detectou, fomos até uma oficina para que um mecânico detectasse o motivo pelo qual a famosa luz da injeção eletrônica estava acesa no painel. E o aparelho de diagnóstico profissional confirmou o mesmo defeito do aplicativo.

A ideia é manter o dispositivo sempre conectado para que você seja notificado assim que uma falha for detectada, o que nos pareceu uma excelente proposta. Você vai até a oficina já sabendo a “doença” do seu carro. É claro que o aplicativo é só uma ferramenta para você ter um controle maior sobre sua máquina. O recomendado mesmo é sempre procurar um mecânico de confiança para realizar os reparos.

Newsletter

Newsletter

Quer ficar por dentro das noticias da Revista Carro em primeira mão?

Receba grátis!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This