PSA comemora vendas de VUL’s na América Latina

FERNANDO NACCARI
De São Paulo (SP)
02/02/2018 13:23

A PSA comemorou as vendas de seus Veículos Utilitários Leves (VUL) na América Latina, onde bateu recorde de unidades comercializadas: 44 mil unidades; 13% maior do que no mesmo período de 2018.

Segundo relatório divulgado à imprensa, os lançamentos de 2017 contribuíram para a obtenção desses resultados, com destaque para os novos Citroën Jumpy e a Peugeot Expert montados no Uruguai, em colaboração com a Nordex, e lançados no Brasil e na Argentina no segundo semestre de 2017. O Grupo também contou com o lançamento na Argentina dos novos Jumper e Boxer fabricados na Europa, além do bom resultado conquistado pela Peugeot Partner no Brasil, que teve seus volumes triplicados em relação ao ano de 2016.

“Ter excelentes produtos não é suficiente, temos que ter, igualmente, Marcas fortes e que compreendam as necessidades dos nossos clientes, aliadas a redes de concessionários altamente capacitadas e focadas”, disse Frédéric Chapuis, Vice-Presidente de VUL do Groupe PSA na América Latina.  “Os programas PEUGEOT Total Care PRO e Compromisso CITROËN PRO refletem o nosso empenho em proporcionar um elevado nível de qualidade de atendimento em venda e pós-venda aos nossos clientes profissionais, disponibilizando-lhes uma estrutura de serviços altamente profissionalizada. Esse tem sido um fator diferenciador muito importante, como notamos pelos excelentes resultados que obtivemos no ano passado”.

Agora, para 2018, a PSA tem objetivos ainda maiores. “Buscaremos um crescimento de mais de 20% em relação a 2017. Para isso, teremos diversos lançamentos importantes de produtos, até disponibilizarmos para nossos clientes uma gama completa de utilitários - pequenos, médios e grandes – em todos nossos mercados da região. Continuaremos incentivando o desenvolvimento de nossas redes, abrindo novos pontos de venda especializados em clientes profissionais e frotistas. Líderes do segmento VUL na Europa, desenvolvemos uma estratégia para trilharmos o mesmo caminho na América Latina”, finalizou Frédéric Chapuis.