Mustang virá com botão para "burnout de fábrica"

FERNANDO NACCARI
De São Paulo (SP)
02/02/2018 11:11

Enquanto a Ford não bate o martelo quanto à data de lançamento oficial do Mustang por aqui, a marca de origem americana começa a soltar as primeiras informações sobre o modelo. Por aqui, a Ford antecipou na Campus Party Brasil, feira de tecnologia realizada em São Paulo - onde a marca exibe o veículo pela primeira vez para o grande público - que o Mustang contará com sistema eletrônico de preaquecimento dos pneus traseiros (Line Lock) e com central multimídia SYNC 3.

Para os apaixonados pelo “burnout”, o sistema eletrônico de preaquecimento dos pneus traseiros é uma função que permite travar as rodas dianteiras e acelerar as traseiras sem sair do lugar. Ou seja, com o Mustang, vai ser possível escolher torrar seus pneus, de fábrica. No entanto, vale lembrar que este recurso deve ser utilizado para o aquecimento dos pneus e, com isso, conferir uma maior aderência para arrancadas rápidas em ambientes controlados.

“É impressionante a emoção que o Line Lock transmite para o motorista, uma sensação única de potência e esportividade que empolga também quem assiste”, diz Fernando Pfeiffer, gerente de Produto da Ford. “Ao lado do estilo único e de personalidade, esse recurso faz parte das tecnologias avançadas do Mustang que ajudam a traduzir o seu espírito de força e liberdade.”

Sobre o SYNC 3, a Ford informou que o sistema de conectividade de última geração da Ford terá comandos de voz, tela capacitiva sensível ao toque e acesso a Apple CarPlay e Android Auto.

Vale lembrar que o Mustang GT Premium equipado com motor V8 5.0 de 466 cv, transmissão automática de 10 velocidades e pacote de alta performance está em pré-venda desde dezembro e, de lá para cá, já tem 150 unidades vendidas. Segundo a Ford, os felizardos devem receber os veículos ainda no primeiro trimestre.