Versão híbrida do Fusion é apelo racional do sedã

WILSON TOUME
Da Motorpress, em São Paulo (SP)
26/12/2016 12:30

Boa parte dos consumidores brasileiros não é muito racional na hora de escolher o carro novo, e no segmento de sedãs médios não é diferente. Mesmo se tratando de um modelo executivo familiar, muitos consumidores acabam se deixando levar por status ou visual em detrimento de aspectos importantes como segurança ou eficiência.

Grande frontal passou por leves mudanças

A Ford, porém, parece disposta a atrair os consumidores que fazem parte da “exceção” com o novo Fusion Hybrid. A versão capaz de rodar com motor a gasolina ou elétrico traz as mesmas alterações promovidas no modelo convencional, como o visual atualizado e o sistema de infoentretenimento Sync3, capaz de espelhar celulares, e que pode ser acionado por meio da tela tátil, pelos botões no volante ou comando de voz.

Lanternas traseiras também foram alteradas

Mas não é só isso. O novo Fusion híbrido também conta com sistemas de assistência ao condutor que proporcionam muito mais segurança – para os ocupantes do veículo e pedestres – como o sistema de frenagem autônoma, que pode parar totalmente o carro (antes, o equipamento apenas alertava o motorista e reduzia a velocidade).

Tem mais: controlador adaptativo de velocidade de cruzeiro com função Stop & Go (consegue retomar a velocidade e a distância do veículo à frente, mesmo que o carro pare por completo), alerta de mudança de faixa e monitor de ponto cego com alerta de tráfego cruzado são outros destaques do renovado sedã.

Motor híbrido acelera de 0 a 100 km/h em 10s02

Rodando, o novo Fusion exibe o conhecido nível de conforto, com muito silêncio (merecedor de elogios, mesmo se tratando de um carro que roda boa parte do tempo no modo elétrico), espaço e requinte. O melhor é que, graças ao conjunto elétrico, o Fusion também exibe bom desempenho. A aceleração de 0 a 100 km/h em 10s02, por exemplo, é empolgante, principalmente por se tratar de um modelo sem qualquer pretensão esportiva e que pesa 1.670 kg. Por falar nisso, um equipamento muito útil é assistente de descida, ideal para trechos longos de declive, no qual se pode manter a velocidade desejada e ainda otimizar a recuperação da energia.

Interior conta com sistema multimídia Sync 3

A Ford ainda oferece o plano de revisão com preço fixo, assim como a garantia adicional, que pode ser adquirida no momento da compra do carro e ter seu valor incluído no plano de financiamento. Para se ter ideia, por meio desse serviço, o carro apssa a ter quatro anos de garantia e quatro revisões por R$ 2.760. Levando-se em consideração que o carro custa R$ 159.500 – menos que rivais de marcas premium, como Audi A4 Sedan, BMW 320i ou Mercedes C180, o custo do novo Ford se mostra bastante competitivo.

Assim, para quem está interessado em um sedã moderno, com bom espaço e eficiente, o Ford Fusion Hybrid 2017 merece ser considerado. Ainda mais por sua eficiência.

Nossas Medições
Aceleração em segundos
0-40 km/h (m) 3,02 (16,6)
0-60 km/h (m) 4,77 (41,1)
0-80 km/h (m) 7,10 (86,6)
0-100 km/h (m) 10,02 (159,9)
0-120 km/h (m) 13,65 (271,3)
0-140 km/h (m) 18,22 (437,0)
0-160 km/h (m) 24,33 (692,7)
0-180 km/h (m) não atingida
0-200 km/h (m) não atingida
0-400 m (km/h) 17,26 (136,2)
0-1000 m (km/h) 30,91 (175,9)
Retomada
40-100 km/h em Drive 8,09
60-120 km/h em Drive 9,39
80-120 km/h em Drive 6,78