Renault Kwid nacional terá reforço estrutural

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
22/03/2017 11:37

A Renault foi bastante questionada sobre a segurança do subcompacto Kwid, que recebeu nota zero ou apenas uma estrela nos testes de colisão do Global NCAP (entidade que realiza os crash tests com dummies) no ano passado. A resposta da companhia na época foi a de que o carro que será produzido em São José dos Pinhais (PR) teria materiais diferentes em sua construção, para garantir mais segurança.

Modelo terá quatro airbags de série

Nesta quarta-feira (22), o site Autoblog Argentina noticiou que o Kwid brasileiro terá cerca de 140 kg a mais que o indiano, indicando seu reforço estrutural com aços de alta resistência. O subcompacto também será vendido com quatro airbags de série, mas não tera controle de estabilidade (ao menos não até a obrigatoriedade em 2022). 

O modelo de produção inclusive foi flagrado pelo site em Florianópolis (SC), com placas verdes, o que indica o procedimento de testes que ele está sendo submetido. Sob o capô, o modelo usará o motor 1.0 de três cilindros que já é usado por outros modelos da Renault.