Para e anda em SP é maior que média mundial

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
21/09/2016 14:42

O para e anda nos grandes centros urbandos brasileiros não é novidade para ninguém, ainda mais nos famosos horários de "rush". Mas segundo um estudo realizado pela Castrol, fornecedora de lubrificantes, em conjunto com a TomTom, empresa especializada em geolocalização, além de não ser novidade, nosso trânsito provoca uma média de paradas maior do que a aferida mundialmente, que corresponde a 18 mil vezes de para e anda num determinado período e trecho.

Para e anda do trânsito brasileiro é maior que média mundial

Em São Paulo (SP), os motoristas param e andam, em média, 22,8 mil vezes por ano e, acredite, houve uma redução nos últimos anos, já que em 2013 a média era de 22,9 por ano. A alta média pode ser explicada pelo grande crescimento da frota, já que na década de 80 a frota paulistana era de 1,6 milhão, enquanto atualmente é de 7,7 milhões. O número de vias pavimentadas também cresceu de 14 mil para 17 mil quilômetros. Isto é, enquanto o espaço para os veículos aumentou 21%, a frota cresceu 480%.

Outras três cidades brasileiras apresentam média acima da mundial. Salvador (BA) é segunda do ranking com 20.520 paradas/ano, Curitiba (PR) é a terceira com 19.680 e Belo Horizonte (MG) com 18.480 aparece na quarta posição. Os dados foram apresentados durante o um fórum que reuniu especialistas de diversas áreas na capital paulista para um debate sobre o crescente congestionamento nas grandes metrópoles brasileiras.

Salvador (BA) foi a única capital em que o anda e para cresceu

Silvio Sumioshi, professor da Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), comentou quais partes do carros são afetadas pelo grande número de paradas por ano: "o carro faz um esforço muito grande a cada vez que para e vai sair novamente. Assim, é necessária uma boa lubrificação do motor para evitar o desgaste de componentes essenciais para o bom funcionamento do motor, como a parede do cilindro, as válvulas, além do virabrequim".

Durante o evento, a Castrol aproveitou para apresentar o MAGNATEC STOP-START, que é uma linha nova de lubrificantes, 100% sintética, destinada aos carros que rodam nessas condições complicadas. O produto possui moléculas inteligentes que protegem o motor do carro durante o processo de para e anda.