Novos 208 e C3 podem ser feitos na Argentina

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
06/01/2017 12:14

O Grupo PSA Peugeot Citröen pode estar trabalhando neste momento nas novas gerações de sua família compacta, composta por C3 e 208. Ao menos é o que diz o site Autoblog Argentina, que afirmou que os dois modelos serão fabricados no nosso vizinho, enquanto o projeto está sendo desenvolvido aqui no Brasil. 

De acordo com a publicação, o chamado "Projeto 21" será renovado com o advento da plataforma CMP (Plataforma Modular Comum, na sigla, em inglês) na fábrica de El Palomar, na Argentina, em 2019 . A arquitetura foi pensada especificamente para os modelos do segmento B (que incluem os citados acima) e o local já espera receber US$ 320 milhões em investimentos para se adaptar à plataforma (esta informação é confirmada oficialmente). 

Visual da nova geração do 208 deverá se inspirar no novo 3008

Apesar de a Argentina estar se preparando para fabricar os carros, o projeto está sendo desenhado pela equipe brasileira do grupo francês, uma vez que a companhia concentra aqui o estúdio de design da região. O site garante que, no caso do C3, o carro será exclusivamente pensado para os mercados emergentes, já que o modelo recentemente atualizado na Europa não desempenhará um papel global. Espera-se que, em adição à total renovação no visual -- baseada na nova geração do 3008 (no caso do 208) --, os dois carros ganhem um novo motor 1.5 tricilíndrico da família Puretech (que já está no Brasil, com a opção 1.2). 

Segundo o Autoblog Argentina uma das vantagens da plataforma CMP é a sua modularidade. Ela pode dar origem a diferentes tipos de carroceria, desde hatches até SUVs compactos, e com diferentes tipos de propulsão (combustão, híbrida ou elétrica) o que poderá ampliar a gama de modelos compactos que as duas marcas oferecerão na América do Sul até 2020. Já é sabido publicamente que o Grupo PSA terá 16 novos lançamentos nos próximos cinco anos, o que reforça a ideia de que a arquitetura modular compacta pode dar origem à modelos inéditos.

Novo C3 apresentado na Europa não deve ser igual ao brasileiro

O site afirma que o conceito da próxima geração do 208 será apresentado durante o Salão de Genebra, na Suíça, em 2018. 

TUDO ESPECULAÇÃO
Em contato com a CARRO, o gerente geral de comunicação da Peugeot, Victor Bialski, não confirmou o desenvolvimento das nova gerações da linha compacta das duas marcas francesas. Quando perguntado se a produção do 208 e C3 poderia passar de Porto Real (RJ) para El Palomar, como afirmou o site, Bialski apenas reforçou a importância que a fábrica tem para o Brasil e a para a região Mercosul. 

Embora não tenha confirmado nada além do que já tinha sido publicado oficialmente pelo Grupo PSA (no caso, o investimento na planta de El Palomar para receber a plataforma CMP e os 16 novos modelos programados para os próximos cinco anos), não deixa de ser razoável considerar as informações publicadas pelo site hermano. Se há um investimento notável para desenvolver uma nova arquitetura compacta é claro que 208 e C3 se beneficiarão disso. E se é a Argentina que está se preparando para receber esta plataforma, por que não pensar que eles serão feitos lá?

A grande questão é saber qual será o destino de Porto Real. Dificilmente o grupo decidirá fabricar os mesmos carros em duas fábricas diferentes em países vizinhos (não faz muito sentido essa estratégia, sob os pontos de vista financeiro e logístico). Portanto, se 208 e C3 se mudarem para a Argentina, a fábrica de Porto Real poderia receber modelos novos ou inéditos da plataforma CMP para ser feito aqui. Um candidato possível seria a nova geração do Aircross (que já é feita aqui).

De qualquer maneira, estes modelos teriam que ser de grande volume, para aproveitar a capacidade de produção fluminense do grupo.