Mobi Drive 1.0 de três cilindros custa R$ 39.870

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
23/11/2016 12:51

A Fiat divulgou nesta quarta-feira (23) o preço da nova versão Drive do Mobi. O modelo, que foi um dos destaques da marca no Salão do Automóvel, chegará às lojas em janeiro, com o novo motor 1.0 tricilíndrico Firefly, custando a partir de R$ 39.870. 

A versão Drive do Mobi ficará posicionada entre a Like (R$ 38.470) e a Like On (R$ 42.930). De série, o Mobi Drive traz direção elétrica, tela de LCD para o computador de bordo no quadro de instrumentos, ar-condicionado, vidros elétricos nas portas dianteiras, travas elétricas, volante com regulagem de altura, banco traseiro bipartido e chave canivete com telecomando. 

Fiat Mobi Drive parte de R$ 39.870

Como opcionais há dois pacotes de equipamentos. O mais barato custa R$ 4.500 e vem com rádio Connect com conexão via bluetooth com smartphones, volante multifuncional, rodas de liga leve com aro de 14'', console de teto e retrovisores externos elétricos. Já a segunda opção sai por R$ 4.650 e inclui o sistema de infoentretenimento Live On (que transforma o seu celular na central multimídia do carro), sensor de estacionamento traseiro, alarme com telecomando e acabamento diferenciado. Os pacotes são fechados.

Segundo a Fiat, o sistema Live On traz "diferenciais representativos" ao carro, oferecendo "navegação intuitiva, incorporação dos aplicativos mais usados no smartphone quando o usuário está dirigindo em um único menu – o que minimiza desvio de atenção, aumentando a segurança –, suporte retrátil no painel do veículo com acabamento em preto brilhante e entrada USB no painel, que pode ser usada para carregar a bateria do smartphone". Ainda há aplicativos exclusivos do carro, como o EcoDrive, que auxilia o condutor a dirigir de uma maneira mais econômica, e o Onde Parei?, que informa o último local em que o veículo foi estacionado.

O grande destaque o Mobi Drive é o motor 1.0 tricilíndrico Firefly. Assim como no Uno, o propulsor gera 77 cv de potência e torque de 10,9 kgfm, a apenas 3.250 rpm (90% do torque é alcançado já nas 2.000 rotações por minuto). O bloco e o cabeçote do motor Firefly são feitos de alumínio e, além do pico de torque em baixas rotações, seus principais atributos são economia de combustível e níveis de ruído e trepidação reduzidos. 

Versão conta com novo motor 1.0 Firefly de 77 cv

Com este motor, a Fiat também vai oferecer uma inédita versão com câmbio automatizado Dualogic para o Mobi (nem o Uno tem esta transmissão na versão 1.0 ainda). E, segundo a fabricante, com a opção Dualogic, o Mobi se tornou o carro mais econômico do Brasil equipado com motor 1.0 aspirado, atingindo médias de 9,8 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada, com etanol. Na versão manual, a média urbana cai para 9,6 km/l e a rodoviária sobe para 11,3 km/l, também a etanol. Os números são do Programa de Etiquetagem Veiculas do Inmetro.  

A equipe da CARRO está acompanhando o lançamento oficial do microcompacto com o motor novo neste momento em Tuiuti (interior de São Paulo) e em breve trará para você as impressões.