Mitsubishi terá plataforma da Nissan para picapes

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
24/10/2016 10:54

Conforme CARRO ONLINE adiantou em matéria exclusiva, a Nissan adquiriu 34% das ações da Mitsubishi, tornando Carlos Ghosn, CEO da Aliança Renault-Nissan, o novo manda-chuva da marca dos diamantes. A formalização do negócio ocorreu na semana passada e agora a imprensa trabalha com as especulações sobre qual será o futuro desta nova tríade da indústria automotivo. 

O primeiro fruto comum do conglomerado deverá ser uma nova geração de picapes. A junção da expertise da Nissan e Mitsubishi no ramo provavelmente dará vida a uma nova plataforma compartilhada pelas duas marcas para a fabricação de utilitários. As informações foram publicadas pelo site Carscoops.

Futuras gerações de picapes da Mitsubishi terão plataforma da Nissan

Hiroto Saikawa, co-CEO da Nissan, explicou que "muitas empresas encaram o desafio do envelhecimento de modelos. Acontece com a Nissan, acontece com a Mitsubishi. Eu não posso falar muito sobre a Mitsubishi agora, mas eu posso dizer que vamos ver as duas se beneficiando [da nova plataforma]".

A próximas gerações da Nissan Frontier (Navara, em alguns mercados) e Mitsubishi L200 Triton, então, vão possuir a mesma arquitetura. E isso também vai beneficiar a Renault e a Mercedes-Benz, já que as duas marcas entraram recentemente no segmento (a picape da Mercedes-Benz será revelada nesta terça-feira, 25) e compartilham a mesma plataforma da Frontier.

Além das picapes, a plataforma modular CMF da Nissan (que dá vida ao Qashqai, Pulsar e Renault Megane) também pode aparecer sob uma nova geração do Mitsubishi Lancer.