Mercedes tem carro de R$ 5 mi com recurso de 1965


22/09/2016 10:20
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD
MERCEDES-MAYBACH S600 PULLMAN GUARD

Visual do Pullman Guard é similar ao do Mercedes S600

A Mercedes-Maybach mostrou os primeiros detalhes e fotos do novo S600 Pullman Guard. A limusine blindada derivada do topo de linha Classe S é voltada para presidentes, monarcas e ditadores que necessitam de um carro de luxo com blindagem equivalente a um veículo do exército. O S600 Pullman Guard resiste a tiros de fuzil 7.62, granadas de mão, rajadas da metralhadora AK47 e até uma explosão de 15 kg de TNT posicionados a dois metros da limusine. A Mercedes afirmou que o S600 Pullman Guard chega aos seus poderosos clientes no segundo semestre de 2017 por preços que partem de R$ 5,1 milhões - valor na Europa, sem impostos.


Assentos traseiros individuais são reclináveis e ajustáveis
O motor do Pullman Guard é o mesmo das versões alongadas do Mercedes-Maybach S600: um V12 6.0 biturbo de 530 cv capaz de levar as mais de cinco toneladas do sedã até os 160 km/h, limitados eletronicamente. Suas medidas são as mesmas da versão sem blindagem do Pullman, com 6,5 m de comprimento, sendo 4,42 m só de entre-eixos. O modelo tem capacidade para até seis passageiros, sendo que o motorista e seu acompanhante podem ficar isolados dos outros ocupantes por uma divisória com um vidro eletrocrômico, que pode ficar transparente ou opaco ao toque de um botão.

Bancos extras ficam de costas para o motorista e possuem assento dobrável
Os assentos traseiros convencionais foram substituídos por poltronas reclináveis e ajustáveis para permitirem uma inclinação de até 43,5 graus, similar à classe executiva tradicional de muitas companhias aéreas. Os outros dois assentos ficam voltados de costas para o motorista e são voltados para acompanhantes e seguranças dos ocupantes dos "bancos VIPs".

Versão Pullman usa uma carroceria mais longa e alta do Classe S
Por causa do peso da blindagem na carroceria, a Mercedes adicionou motores elétricos que facilitam a abertura e fechamento das portas. Os vidros, que ainda podem ser abertos, agora são movimentados por atuadores hidráulicos, mais robustos que os conjuntos elétricos convencionais. Uma curiosidade é que a Mercedes usou esse sistema no modelo 600 (também chamado de Pullman ou Grosser) de 1965, uma de suas limusines do período pós-guerra mais conhecidas.

Interior do Pullman pode receber monitores individuais, geladeira e outros mimos. Tudo isso à prova de balas
A Mercedes destaca que, como se espera de um modelo desse segmento, o S600 Pullman Guard é altamente customizável e conta com uma ampla lista de opcionais, incluindo alguns incomuns para automóveis "comuns", como luzes estroboscópicas, sirene, alto-falante e microfone para comunicação externa e suportes para bandeiras nos para-lamas dianteiros.

Cortinas elétricas dão privacidade aos ocupantes VIPs da limusine blindada