Líder Onix tem melhor mês de vendas em outubro

Motorpress
Da Redação, em São Paulo (SP)
04/11/2016 11:28
1º) Chevrolet Onix - 119.244
2º) Hyundai HB20 - 97.248
3º) Ford Ka - 61.559
4º) Toyota Corolla - 53.755
5º) Chevrolet Prisma - 53.600
6º) Fiat Palio - 52.474
7º) Renault Sandero - 49.846
8º) Honda HR-V - 47.722
9º) Volkswagen Gol - 44.879
10º) Jeep Renegade - 44.182
11º) Volkswagen Fox/Cross Fox - 38.305
12º) Hyundai HB20S - 36.958
13º) Volkswagen up! - 31.305
14º) Toyota Etios Hatch - 31.183
15º) Fiat Siena - 28.406
16º) Fiat Uno - 28.060
17º) Toyota Etios Sedã - 24.845
18º) Ford Ecosport - 23.620
19º) Honda Fit - 22.609
20º) Fiat Mobi - 20.461

A Fenabrave, entidade que representa as concessionárias, divulgou nesta quinta-feira (3) o balanço de vendas de automóveis e comerciais leves de outubro. De acordo com a federação, o mercado sofreu queda de 16,4% em outubro, comparando com o resultado do mesmo mês do ano passado.

Foram 154.875 unidades emplacadas no mês passado. No acumulado do ano, somamos 1,6 milhão de vendas, enquanto que neste mesmo mês em 2015 já havíamos ultrapassado a barreira das duas milhões de unidades (o que representa um decréscimo de 21,92% em 2016). Entre setembro e outubro deste ano, o mercado ficou praticamente estagnado: houve uma diferença negativa de apenas 100 unidades. 

Quanto aos modelos mais vendidos, apesar do mês fraco, a Chevrolet conseguiu aumentar em 11,8% os emplacamentos do líder Onix, alcançando 14.087 unidades vendidades em outubro (o melhor resultado do compacto no ano). Embora a marca tenha emplacado cerca de 1.200 unidades a mais em vendas diretas em relação a setembro, o crescimento também pode ser atribuído à versão de entrada Joy e a estratégia de feirões de vendas que a companhia vem realizando ao longo de 2016.

Toyota Corolla já é o quarto modelo mais vendido do país

O segundo colocado em vendas, Hyundai HB20, também não pode reclamar de outubro, já que foi vendido 11.350 vezes no mês. Outra fabricante que ficou satisfeita com o mês do hallowen é a Toyota. O fenômeno Corolla obteve 5.119 emplacamentos (6,7% a mais do que em setembro) e conseguiu superar o popular Fiat Palio no resultado acumulado dos dez meses do ano, aparecendo em quarto lugar no ranking dos modelos mais vendidos em 2016 (conforme mostra a galeria acima). 

Outubro também gerou bons frutos para a Fiat (apesar da queda do Palio). O Mobi apareceu pela primeira vez no ranking acumulado dos 20 carros mais vendidos do Brasil. O microcompacto de Betim (MG) obteve a posição após ser emplacado 3.372 vezes no mês (o que lhe rendeu a 10ª colocação no período). Com 20.461 unidades vendidas no ano até agora, ele superou o Renault Duster para entrar na lista. 

Fiat Toro conquistou o segundo lugar entre os comerciais leves

Já no segmento de comerciais leves, a Toro se consolidou como a segunda picape mais vendida do Brasil. O modelo superou a Volkswagen Saveiro e agora compõe a dobradinha no topo da ranking atrás da irmã menor Strada. Em outubro, a Toro chegou a ser a picape mais emplacada do período, com 4.288 unidades (atingindo a marca de 31.922 unidades no total em 2016).